Congresso fica “vermelhão” para homenagear pessoas soropositivas e combater o HIV/AIDS

congresso federal senado camara dos deputados brasilia palacio do planalto
Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

O Palácio do Congresso Nacional recebe de hoje (1º) até 31 de dezembro a iluminação vermelha em alusão ao Dia Mundial de Combate à AIDS, celebrado em todo o planeta neste primeiro dia do mês de dezembro.

A iluminação foi solicitada pelo deputado federal Alexandre Padilha (PT-SP) e pelo Ministério da Saúde, cujos dados indicam que 694 mil pessoas estão em tratamento da doença no Brasil e, só em 2021, 45 mil novos pacientes iniciaram a terapia antirretroviral. Com isso, o tratamento alcança 81% das pessoas diagnosticadas com HIV em todo o país.

Desse total de infectados, segundo o ministério, 95% já não transmitem o HIV por via sexual por terem atingido carga viral suprimida, a chamada “indetectável” graças ao tratamento ofertado pelo SUS (Sistema Único de Saúde). Essa marca ultrapassa a meta das Nações Unidas, que é de 90%.

A data de combate à AIDS foi criada por decisão da AMS (Assembleia Mundial de Saúde) em outubro de 1987, com apoio da ONU (Organização das Nações Unidas).

(Fonte: Agência Senado)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.