Câmara aprova posse de arma em toda área rural

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou na noite desta quarta-feira, 21, por 320 votos a 61, o projeto que considera, para fins de posse de arma de fogo, toda a extensão do imóvel rural como residência ou domicílio (PL 3715/19, do Senado). Atualmente, a posse é permitida apenas na sede da propriedade rural.

A segurança no campo foi o ponto central da discussão da proposta. Para os defensores do projeto, os agricultores precisam de meios para se defender da criminalidade. Já os contrários afirmam que a medida pode agravar a violência no campo.

O plenário rejeitou ainda um destaque do PSC à proposta, que tinha o objetivo de liberar o porte de arma para produtores rurais. Projeto foi aprovado por 320 votos a favor e 61 contra; texto ainda passará para sanção presidencial.

A senadora Simone Tebet defendeu a permissão do uso da arma de fogo em toda a propriedade rural lembrando que os residentes de áreas rurais, muitas vezes, estão há quilômetros de distância de uma delegacia. “A posse de arma em toda a área rural pode ajudar a garantir mais segurança para inúmeras famílias e evitar que elas fiquem à mercê de criminosos ou, até mesmo, de animais silvestres. A medida é a garantia de meios de defesa da vida e da sua propriedade”, defendeu. (Da redação)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.