Suspeitos são presos por morte de policial em MS

morte de policial
Divulgação

Cosme Santos da Silva, de 22 anos, conhecido como “Vaqueiro” e Clailton Silva Santos, de 22 anos foram presos na noite de sábado (24) suspeitos de matarem o policial aposentado, Jonas Rufino, de 54 anos, e roubarem sua caminhonete no município de Bataguassu – distante 341 quilômetros de Campo Grande.

Conforme o site Nova News, Jonas era morador de Nova Andradina e possuía um sítio no assentamento Aldeia, em Bataguassu, onde o crime ocorreu.

Após a comunicação do crime, a Polícia Civil de Nova Andradina, por intermédio da SIG (Seção de Investigações Gerais), com a Polícia Civil de Bataguassu e Polícia Civil de Paranavaí (PR), se uniram para a prisão dos envolvidos.
Ainda de acordo com o site, a polícia do estado do Paraná somou esforços conseguindo abordar os dois suspeitos e localizar a caminhonete roubada, que estava na área rural de Paranavaí.
Os policiais localizaram o veículo, acompanhado da arma de fogo usada no crime, e uma espingarda, que foi subtraída da vítima.
Os envolvidos e os itens apreendidos foram encaminhados para Delegacia de Polícia de Bataguassu, sendo realizada a prisão em flagrante dos dois acusados. A autoridade policial representou ainda pela prisão preventiva para que os envolvidos sejam mantidos custodiados.
Policiais militares atenderam o caso de um homicídio provocado entre vizinhos na noite de domingo (26), em um assentamento na rua Tereza Garcez Pain, no bairro Estrela Parque, entre as regiões leste e sul de Campo Grande. O pedreiro Atilio Luis Colman, 33, morreu na sua chácara, por causa de uma espécie de ‘richa’ entre a família dos envolvidos. Veja a reportagem no Facebook.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *