Caminhoneiro é preso com toneladas de agrotóxicos

agrotóxicos

Na terça-feira (30), a PMA (Policia Militar Rodoviária) apreendeu duas toneladas de agrotóxicos contrabandeados dentro de um caminhão, na MS-164, em Ponta Porã, a 329 quilômetros de Campo Grande. O dono da carga, de 48 anos, foi preso.

Conforme registrado pelos policiais, ele alegou ter pago cerca de 13 mil dólares pelos agrotóxicos no país vizinho e que não possuía documentação legal. O produto estava num caminhão com placas de Rio Brilhante.

Aos agentes, o autor disse ser dono de plantações no Brasil e no Paraguai e que levava o inseticida para ser aplicado em área de plantio em Ponta Porã. Ele foi autuado pelo crime de contrabando e encaminhado à Delegacia de Polícia Federal de Ponta Porã com o veículo e o material apreendido.

Multas por crimes ambientais somaram quase R$ 10 milhões no primeiro semestre de 2021

No primeiro semestre de 2021, a Polícia Militar Ambiental (PMA) autuou 619 pessoas e aplicou R$ 9,3 milhões em multas por infrações ambientais em Mato Grosso do Sul.

Os autos são por infrações contra a fauna, flora, pesca, poluição, contra o ordenamento urbano e cultural e contra a administração ambiental. De janeiro a junho, o número de pessoas autuadas é 37% maior do que no mesmo período do ano passado, quando foram 452 autuados.

Já com relação às multas, que somaram R$ 9.338.684,88, o valor é 11% inferior ao primeiro semestre do ano de 2020, que foi de R$ 10.484.702,00. Acesse também: Mãe apaga redes sociais da filha: “Proteger saúde mental”

Jornal Impresso

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.