Delegacia investiga denúncia de racismo e discurso de ódio em escola da Capital

Foto: Arquivo/O Estado Online
Foto: Arquivo/O Estado Online

A DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção a Criança e Adolescente) investiga uma possível situação de racismo praticado por um adolescente, de 18 anos, contra um aluno, de 16 anos, dentro do prédio da IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) do bairro Santo Antônio, em Campo Grande.

Segundo o boletim de ocorrência, houve a denúncia de um terceiro estudante que alegou ter sido torturado pelo jovem dentro da escola. Além disso, outros alunos relataram falas do aluno que podem serem consideradas como discurso de ódio. A delegacia investiga o caso e continua ouvindo relatos de testemunhas.

Com informações do repórter Itamar Buzzatta

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.