Vídeo: após matar filha, mãe arruma bebê e a leva de carrinho até a casa das amigas

WhatsApp Image 2021-06-23 at 13.15.42

Uma mulher de 21 anos, presa na manhã desta quarta-feira (23), após confessar ter matado a filha, uma bebê de 5 meses, vestiu a criança já sem vida e a levou dentro de um carrinho até a casa das amigas, na região do bairro Bandeirantes, em Campo Grande.

Na sequência, as amigas da autora estranharam que a bebê estava muito quieta e a levaram junto da mãe para a UPA (Unidade de Pronto de Atendimento) do Jardim Leblon. Ao ser socorrida, a equipe médica percebeu que a criança tinha marcas aparentes de estupro. Foi encontrada também cabelo de uma pessoa adulta no corpo da vítima. De acordo com os médicos, a criança já tinha vindo a óbito há algum tempo, antes mesmo de dar entrada no hospital. A PM (Polícia Militar) foi acionada e a autora presa em flagrante e levada para a delegacia.

A delegada Fernanda Piovano, plantonista da DEAM (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), disse ainda não ter a causa da morte, e não se sabe se a bebê morreu em decorrência do estupro ou do afogamento. O caso será investigado pela DEPCA (Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente). Ainda nesta quarta-feira (23) a casa da autora será periciada.

Chip da besta

Em depoimento para a delegada, a mulher contou que foi tomar banho junto da filha ontem, sendo que ao entrar no chuveiro teria percebido que a criança estava com um ‘chip da besta’, na cabeça, e neste momento afogou a filha até a morte. Acesse também: Homem confessa ter participado na morte da esposa em Dourados

(Com informações do repórter Itamar Buzzatta)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

1 thought on “Vídeo: após matar filha, mãe arruma bebê e a leva de carrinho até a casa das amigas”

  1. Pingback: Mulheres denunciam estuprador que pratica abusos enquanto a vítima dorme - O Estado Online

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *