Adolescente é resgatado do “tribunal do crime”

Um adolescente, que não teve a idade divulgada, foi resgatado do “tribunal do crime” da facção PCC (Primeiro Comando da Capital), na tarde de quarta-feira (11), após ficar preso por 4 horas em uma residência, enquanto era submetido ao julgamento dos criminosos por meio de uma “conferência”. O caso aconteceu em Nova Alvorada do Sul, a 120 quilômetros da Capital.

Conforme relatos, o jovem foi ameaçado para participar de um “conferência” aonde seria julgado por supostamente ter ameaçado de morte um amigos dos integrantes da facção. Durante o julgamento, o jovem foi obrigado a permanecer no local enquanto diversos telefonemas eram feitos para os julgadores que estavam a distância e a maioria preso.

Entretanto, antes do “veredicto” uma equipe do Setor de Investigações Gerais da Polícia Civil e destacamento da Polícia Militar invadiram o local que era realizado o julgamento, prenderam três envolvidos e conseguiram salvar a vida do adolescente. No local foram apreendidas munições, drogas, vários celulares que era usados e balança de precisão.

Durante o interrogatório, dois deles confirmaram que participavam de uma conferência e que não sabiam qual seria o resultado decidido pelo integrantes a distância.

(Texto: João Fernandes)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.