Campo Grande ultrapassa a marca de 70% de toda a população vacinada contra a COVID-19

Campo Grande ultrapassa a marca de 70% de toda a população vacinada contra a Covid-19
Divulgação

Nesta quinta-feira (23), Campo Grande ultrapassou a marca de 70% de toda a população vacinada contra a COVID-19. Até o momento o número corresponde a 634,6 mil pessoas, conforme o “Vacinômetro”. Em relação à população elegível , cerca de 741 mil pessoas com mais de 12 anos, a Capital já alcançou o índice de 85% com a primeira dose.

O esquema vacinal completo de Campo Grande, que inclui os que tomaram duas doses necessárias ou a dose única, é de 50,2%, sendo assim, 521,4 mil pessoas. Campo Grande é a Capital com maior índice de cobertura vacinal do País e índice superior a média de Mato Grosso do Sul.

O secretário municipal de Saúde, José Mauro Filho, destaca que o bom desempenho do município em relação à vacinação é fruto do planejamento e empenho de todos os envolvidos no processo de vacinação.

Seja de manhã, tarde, noite, fim de semana, feriado, estamos vacinando, tudo isso para garantir que a gente possa dar mais celeridade neste processo e, sobretudo, comodidade à população para que tenha acesso a essa vacina, que é uma arma fundamental na luta contra essa doença”, declara ele.

Imunização

A Capital conta com mais de 50 pontos de imunização em funcionamento espalhados pelas sete regiões urbanas e distritos, incluindo três drives (Ayrton Senna, Albano Franco e UCDB), dois polos (Guanandizão e Seleta ), além das unidades de saúde, tendo a capacidade operacional instalada para vacinar até 20 mil pessoas por dia.

O Município implementou um sistema de identificação prévia para dar mais agilidade no processo. O sistema, tem ajudado municípios do interior do Estado a organizar a campanha de vacinação e foi reconhecido nacionalmente como exemplo de boas práticas.

Desde o dia 19 de janeiro, mais de 1,2 milhão de doses de vacinas contra a COVID-19 foram aplicadas na Capital.

Os cuidados continuam

O secretário reforça dizendo que mesmo que vacinação esteja avançada, as pessoas precisam continuar com as medidas de proteção. “Precisamos manter o uso de máscaras e manter o distanciamento físico. O vírus ainda está em circulação. Portanto, é necessário que as pessoas continuem se cuidando”, destaca.

Ainda em relação a segunda dose: “A vacina de duas doses só tem sua eficácia completa quando feita a segunda aplicação. Portanto se chegou à data de tomar a dose de reforço, é preciso que as pessoas procurem um dos pontos de vacinação para concluir o ciclo vacinal”, finaliza ele.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.