Vendedores ambulantes fazem grana extra com manifestações

Vendedores ambulantes fazem grana extra com manifestações

A concentração do 27º Grito dos Excluídos ainda está começando, mas já tem vendedores ambulantes na expectativa de tirar um dinheiro extra neste feriadão de 7 de Setembro. Pela manhã, durante os atos pró-governo já conseguiram fazer o trabalho valer em meio às 40 mil pessoas 10 mil carros, 1,2 mil motos, 450 caminhões, 300 bicicletas e 5 mil pessoas na Praça Rádio Clube) que foram às ruas, segundo balanço oficial da Polícia Militar e da Guarda Municipal de Campo Grande.

Vendedores ambulantes fazem grana extra com manifestaçõesElza da Silva vende algodão doce e pipoca há 20 anos na Praça Ary Coelho. Pela manhã ela se deslocou até a Praça do Rádio Clube e se saiu bem. “Foi uma boa venda ainda mais porque estávamos quebrados por causa da pandemia. A manifestação foi muito boa. foi excelente! Ainda mais que não teve baderna”, revelou.

Foi com o seu trabalho que sua família sobreviveu. “Tenho a clientela fixa, os amigos e foi com esta renda que sustentei 5 filhos e 15 netos. A renda toda do carrinho de pipoca”, conta e espera vender ainda mais nesta tarde. 

Vendedores ambulantes fazem grana extra com manifestaçõesEsta é a mesma esperança do comerciante Celso Henrique, de 45 anos. “[Pela manhã] as vendas aumentaram cerca de 5%. Celso vende água e sorvete e tem tanta convicção de vender ainda mais, que trouxe mais estoque. “O maior fluxo de venda hoje foi de água. Viemos com uma kombi lotada [agora à tarde] na esperança de vender mais”, concluiu.

(Com informações dos repórteres Itamar Buzzata e Karine Alencar/fotos Cayo Cruz)

Assista AQUI a entrevista completa com dona Elza.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

2 thoughts on “Vendedores ambulantes fazem grana extra com manifestações”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.