Polícia Federal prende 4 em operação contra tráfico internacional de armas e drogas

Divulgação/PF
Divulgação/PF

A Polícia Federal montou a “Operação Escritório do Crime” na tarde de domingo (3), contra uma organização criminosa dedicada ao tráfico internacional de drogas e armas na fronteira entre Brasil e Paraguai. Foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão e quatro mandados de prisão temporária na cidade de Ponta Porã, a aproximadamente 329 quilômetros de Campo Grande.

Segundo a Polícia Federal, foram presos o brasileiro Willian Meira Do Nascimento, o “Bruxo”; o paraguaio Alfredo Giménez Larrea; a também brasileira Francisca Kelly e o seu marido, Anderson Meneses de Paula, o “Tuca”, que inclusive era o principal alvo da força-tarefa.

A operação simultânea na cidade de Pedro Juan Caballero, contra a mesma organização criminosa, com cumprimento de mandados de busca e apreensão. Além disso, foi deflagrada por Agentes de Inteligência da Senad (Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai) e Forças Especiais, com a coordenação do Ministério Público no Paraguai.

Em razão da periculosidade dos alvos, participaram da ação equipes do COT (Comando de Operações Táticas) e GPI (Grupo de Pronta Intervenção). Além das prisões e buscas, houve a apreensão de diversos bens e valores, bem como munições de grosso calibre.

Os investigados poderão responder pelos crimes de tráfico internacional de drogas, organização criminosa e tráfico internacional de armas de fogo, cujas penas somadas podem ultrapassar 30 anos de prisão. Acesse também: Duas pessoas morrem em acidente após capotamento de caminhonete

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *