Mulher perdoa marido que estuprou e engravidou a sobrinha

Mulher perdoa marido que estuprou a sobrinha
Foto: Ilustrativa

Um homem foi acusado de estuprar e engravidar uma menina de 12 anos e a esposa, tia da vítima, foi acusada de tentar provocar abortos na sobrinha com o uso de remédios. Eles serão ouvidos dia 20 de outubro.

Após a morte de sua mãe, a menina estava morando com os avós maternos, em São Paulo. A família se mudou para Mato Grosso do Sul, quando ela completou 12 anos.  Assim, a vítima começou a ter contato com a tia e o marido, além dos dois primos, no município de Aquidauana. Ela contou que toda vez quando sua tia não estava em casa, o marido dela cometia os abusos. 

A criança contou para a avó sobre o crime, após parar de menstruar. A tia então, duvidou da criança e disse que a sobrinha que tinha deixado o homem cometer os abusos. 

A mulher disse que perdoava o marido pelo crime. A criança passou a morar apenas com a avó. Nesse período, a tia começou a dar remédios caseiros, para que a menina abortasse. A criança passou mal, foi para o hospital, que confirmou a gestação.  

Foram expedidas medidas protetivas contra o casal, mas eles não obedeceram à ordem da Justiça e continuaram frequentando a casa onde a menor morava. Os dois tentaram diversas vezes coagir a menina, mandando ela mudar a versão dos fatos, ameaçando tirar o bebê dela durante o nascimento. 

O casal teve a prisão preventiva decretada.  

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *