Energisa recebe reforços de outros estados para restabelecer de energia elétrica em MS

MS precisou de reforços de outros estados para reparo de energia elétrica; veja bairros da Capital com maior concentração
Foto: Energisa

Na manhã deste sábado (16), a empresa Energisa recebeu reforço de outros estados para auxiliar no reparo do fornecimento de energia elétrica, interrompido em várias cidades do Mato Grosso do Sul em função das fortes chuvas.

Segundo apurações realizada pelo O Estado Online, as equipes são de Mato Grosso, de São Paulo, Paraíba, Sergipe, Acre, Rondônia e Minas Gerais. A concessionária de energia destacou ainda que a demanda de trabalhou aumento ao ponto de a empresa restabelecer “por hora 15 vezes mais clientes que em dias normais de serviço“. Para atender todas as solicitações, o número de equipes nas ruas foi ampliado em 6 vezes. 

A concessionária destacou ainda que esta é a primeira vez que um temporal desta magnitude é registrado em Mato Grosso do Sul desde o início das operações em Mato Grosso do Sul. “Os sistemas da concessionária já registram 5.300 solicitações; isso equivale a 20 vezes mais ocorrências em comparação com outubro do ano passado, início do último período de chuvas na região”, informou por nota.

 

Confira o comunicado da empresa:

A Energisa informa que segue com mais equipes em campo para recuperar os estragos causados pela tempestade que atingiu a Capital e Mato Grosso do Sul nos últimos dois dias. Na manhã de hoje chegou reforço num voo fretado do Mato Grosso e ao longo do dia chegam equipes de São Paulo, Paraíba, Sergipe, Acre, Rondônia e Minas Gerais.

Nas últimas 24 horas, a Energisa restabeleceu por hora 15 vezes mais clientes que em dias normais de serviço. A distribuidora esclarece ainda que aumentou em seis vezes a quantidade de equipes nos atendimentos, com maior número de colaboradores e veículos.

A Energisa destaca que um temporal como esse nunca foi registrado em quase oito anos de concessão da empresa em Mato Grosso do Sul. Os sistemas da concessionária já registram 5.300 solicitações; isso equivale a 20 vezes mais ocorrências em comparação com outubro do ano passado, início do último período de chuvas na região.

Para evitar congestionamento no 0800 da empresa e ampliar a capacidade de atendimento, a concessionária abriu as agências em Campo Grande, Dourados, Ponta Porã e Aquidauana. A Energisa orienta os consumidores a priorizarem o atendimento pelo WhatsApp (Gisa): (67) 9 9980-0698 e aplicativo Energisa On (disponível no Google Play ou App Store do celular.

Na Capital, no Bairro Aero Rancho, um dos locais com grande ocorrência, será disponibilizada uma unidade móvel de eficiência energética para auxiliar os clientes no registro apenas de falta de energia, que hoje é a principal solicitação entre os clientes de Campo Grande.

Importante ressaltar que a concessionária está priorizando os atendimentos a hospitais e unidades de saúde e ocorrências que coloquem a segurança da comunidade em risco.

O temporal provocou o rompimento de cabos e quedas de postes, e danificou transformadores e alimentadores. As equipes estão atuando simultaneamente nos reparos da rede elétrica que foi prejudicada pela queda excessiva da vegetação, rajadas de ventos e elevado número de descargas atmosféricas.

Em Campo Grande os bairros com maior concentração de solicitações são: Nova Lima, Jardim Centro Oeste, Caiçara, Jardim Centenário, Jardim Los Angeles, Pioneiros, Tiradentes, Conjunto Universitário, Parque Residencial Rita Vieira, Alves Pereira, Coronel  Antonino, Jardim São Lourenço, Parque Dos Novos Estados, Vila Sobrinho, Mata do Segredo, Jardim Leblon, Vila Nova Campo Grande, Cruzeiro, Vila Piratininga, Santo Amaro, Jardim Panamá, Vila Popular, Parque do Lageado, Vila Nasser, Mata do Jacinto, Jardim Seminário, Parque Residencial União, Jardim São Conrado, Guanandi e Vila Margarida.

Desde à meia-noite do dia 13 até às 21h30 de hoje (16) já são contabilizadas 1.434.626 descargas atmosféricas.

 

Com Karine Alencar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *