Jovem é executada a tiros enquanto passeava com o namorado

namorado

Por volta de 20h de quarta-feira (1º), Bruna Moraes Aquino, 22, foi atingida por dois tiros e morreu pouco antes de dar entrada no UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Universitário. Ela e seu namorado foram baleados na Rua Camaru, entre a avenida Guaicurus e a rodovia BR-163, próximo ao Macroanel Rodoviário em Campo Grande.

Segundo boletim de ocorrência, o casal estava dentro de um carro Volkswagen Gol passando pelo bairro Jardim Itamaracá, quando uma pessoa com capacete se aproximou andando e efetuou cerca de três a quatro disparos de arma de fogo.

Na sequência, o namorado notou que foi atingido no braço e que Bruna estava inconsciente. Sangrando muito, o motorista acelerou o carro até encontrar ajuda médica. Por fim, ele alegou que não ter conhecimento dos motivos do crime e nem do autor.

Perseguição

Aos policiais, o rapaz contou que ele e sua namorada costumava frequentar uma casa noturna na Avenida Ernesto Geisel. Inclusive, nas noites dos dias 29 e 30 de agosto, um desconhecido teria ”mexido” com sua companheira, dizendo ao desconhecido estava sendo inconveniente.

Após deixarem o local, foram seguidos por duas pessoas numa moto Honda CG preta, onde um dos indivíduos chegou a atirar no veículo e atingir sua namorada na nuca. Ele relata que procuraram atendimento médico, mas Bruna optou por não comunicar a polícia.

(Com informações da repórter Rosana Lemes)

Confira mais notícias no jornal impresso

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.