Estudo aponta 80% de eficácia em vacinação na fronteira

Divulgação
Divulgação

O estudo do grupo VEBRA COVID-19 (Vaccine Effectiveness in Brazil Against COVID-19) da Vacina Janssen aponta efetividade na vacinação em massa aos 13 municípios da fronteira, reduzindo em 80% o número de mortes e internações em decorrência ao COVID-19.

Mato Grosso do Sul recebeu 165,5 mil doses da vacina Janssen do Ministério da Saúde no mês de julho de 2021, com o intuito de analisar os 13 municípios fronteiriços diante a variante Gama. 

O estudo é realizado em parceria com a Opas (Organização Pan Americana da Saúde) e é composto por diversas instituições, como Fiocruz, UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), Stanford University, Instituto de Salude Global de Barcelona, Universidade da Flórida. E, iniciou-se no dia 02 de julho, junto com a entrega das vacinas no município de Corumbá.

Os municípios que fizeram parte da pesquisa foram: Mundo Novo, Japorã, Sete Quedas, Paranhos, Coronel Sapucaia, Aral Moreira, Ponta Porã, Antônio João, Bela Vista, Caracol, Porto Murtinho, Corumbá e Ladário.

Para o Infectologista, Julio Croda, os dados em ponto de vista científico, foram comprovados “a vacina tem eficácia para a proteção das pessoas, principalmente no contexto da variante Gama. Depois de três meses e meio da vacinação, houve uma redução importante em todos os indicadores nas cidades que participaram do projeto, a divulgação atual é a efetividade da vacina da Janssen, em hospitalização a proporção é de 72,9% e em óbitos é de 90,5%”, afirma Croda.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.