Em Dourados, usina deve investir R$ 1 bilhão e gerar 650 empregos na produção de milho

Foto: Divulgação/Inpasa Agroindustrial
Foto: Divulgação/Inpasa Agroindustrial

A empresa Inpasa Agroindustrial recebeu, hoje (30), a Licença de Operação que possibilita o início das atividades no dia 11 de abril, da primeira indústria de etanol de milho em Mato Grosso do Sul, instalada às margens da rodovia MS-157, no município de Dourados. A área de 115 hectares recebeu o investimento estimado em R$ 1 bilhão e promete a geração de 150 empregos diretos e cerca de 500 indiretos.

A meta de processamento anual é de 1,2 milhão de toneladas de milho ao final de todo o processo de implantação da usina, que está licenciada para produção de 537 mil metros cúbicos/ano de etanol, além de subprodutos como o DDG, ou farelo de milho (1.086 toneladas/dia), geração de 44 MW de energia e produção de 58 mil litros de óleo de milho ao dia.

Foto: Divulgação/Semagro

Nessa primeira fase, a planta da Inpasa Agroindustrial tem capacidade para produzir 400 mil metros cúbicos de etanol ao ano, além de 360 toneladas ao dia do DDGS (proteína utilizada na formulação de ração animal) e 37,5 mil litros ao dia de óleo vegetal.

Na segunda fase – cujas instalações devem estar prontas em julho – o volume da produção deve dobrar. O investimento previsto é de R$ 2 bilhões, sendo R$ 100 milhões oriundos de recursos do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste).

Além do complexo industrial, os investimentos da Inpasa Agroindustrial em Dourados compreendem uma usina termoelétrica para cogeração de 26,18 MW, posto de combustíveis e polo de serviços.

A licença ambiental é documento indispensável para a empresa conseguir outros alvarás possibilitando o início das atividades, como a autorização da ANP (Agência Nacional do Petroleo). O secretário Jaime Verruck frisou que se trata de um processo complexo, porém o órgão ambiental tem buscado de meios tecnológicos para encurtar prazos e acelerar os procedimentos, tudo sem prejuízo para a análise técnica e segurança ambiental.

Com informações da Semagro

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

5 thoughts on “Em Dourados, usina deve investir R$ 1 bilhão e gerar 650 empregos na produção de milho”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.