Aconchego: mensagens positivas são entregues junto às refeições, aos pacientes da Santa Casa

Divulgação/Santa Casa de Campo Grande
Divulgação/Santa Casa de Campo Grande

Em meio ao caos e a preocupação que estamos vivendo a cada dia, a Comissão de Humanização da Santa Casa de Campo Grande decidiu fazer uma ação acolhedora as pessoas que estão internadas ali e começaram anexar bilhetes positivos as marmitas entregue aos pacientes. O foco está sendo, principalmente neste período de pandemia, proporcionar um momento mais feliz e cheio de ânimo durante as refeições no hospital.

Além de oferecer um atendimento mais humanizado, outro objetivo do gesto é trabalhar a saúde emocional dos enfermos, que durante o almoço ou jantar, receberão as mensagens motivacionais. “A iniciativa partiu da Comissão, mas o Serviço de Nutrição está contribuindo para tornar esse momento mais especial.  As mensagens foram colocadas inicialmente nas refeições ofertadas no setor destinado aos pacientes com suspeita ou confirmação para COVID-19. E também para os profissionais da área”, explicou a gerente de Hotelaria, Lígia Benfati.

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, as ações de humanização na Santa Casa têm sido voltadas para oferecer um acolhimento físico, social e psicológico a todos, como no caso de atividades voltadas à experiência do funcionário, paciente e do seu familiar. Além também de estimular os profissionais que prestam assistência, a se envolverem nos trabalhos, e atuando como agentes de humanização.

A gerente de Comissões Técnicas da Santa Casa, Enfª Regiane Bononi, destacou que ações como estas no cenário que vivemos hoje, renova o ânimo e gera mais conforto. E que além de fazer a diferença na vida de quem recebe, também impacta diretamente na rotina dos trabalhos e no tratamento, no caso dos pacientes.

“A preocupação com a necessidade de cuidar de quem cuida vem se destacando durante a pandemia, e dentro dos princípios da Santa Casa, que é prestar assistência humanizada ao paciente. Assim decidimos implantar esse projeto, para que o paciente e profissional se sintam acolhidos e se esforcem ainda mais para enfrentar os desafios neste momento, e com mais leveza. E também uma forma de reconhecer o esforço das equipes multiprofissionais para manter o atendimento humanizado e salvar vidas, que tem sido constante no hospital”, finalizou.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.