Nova York arquiva 150 mil casos de posse e uso de maconha

Uma nova lei que entrou em vigor na quarta-feira (28), será responsável pelo arquivamento de 150 mil processos de posse ou consumo de maconha em Nova York, nos Estados Unidos. Com a nova legislação, a posse de maconha passar a ter o mesmo peso que uma infração de trânsito.

Segundo reportagem da CNN, o texto removeu penalidades criminais por porte de menos de 60 gramas de maconha. Em vez da detenção, será cobrada uma multa que vai de US$ 50, para aqueles que carregam menos de 28 gramas – independentemente do histórico criminal da pessoa–, e multa máxima de US$ 200 pela posse de 29g a 56g.

A medida foi sancionada em julho governador do Estado, o democrata Andrew Cuomo. Para o governador de Nova York, o projeto é o “começo de um novo capítulo no sistema de justiça criminal”.

“Ao fornecer aos indivíduos 1 caminho para que seus registros sejam eliminados, incluindo aqueles que foram injustamente afetados com base em sua raça ou etnia, e reduzindo a multa por porte ilegal de maconha, estamos dando a muitos nova-iorquinos a oportunidade de viver melhor, com vidas mais produtivas, bem sucedidas e mais saudáveis ​”, afirmou.

A maconha continua ilegal nos Estados Unidos sob uma lei federal. No entanto, 11 Estados norte-americanos já legalizaram o uso recreativo de maconha. O 1º foi Colorado, em 2014. Outros 15 descriminalizaram a posse da droga. (João Fernandes com Poder 360)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.