Espanha tem projeto de lei para licença médica durante período menstrual

Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

A Espanha pode se tornar o primeiro país da Europa a aprovar a licença médica do trabalho para mulheres durante o período menstrual. A medida faz parte de um projeto de lei que está sendo encaminhado para o Executivo do país na próxima semana.

A medida principal do projeto de lei é a ampliação do acesso ao aborto pelas mulheres da Espanha. O texto pretende que jovens a partir de 16 anos tenham acesso a procedimentos relacionados ao aborto sem o autorização dos pais e que sejam realizados em hospitais públicos.

O trecho também trata da licença médica durante o período menstrual, de até três dias enquanto durar o fluxo menstrual. O direito deve ser concedido às mulheres que sofrem de cólicas e outras dores graves.

Segundo a  secretária de Estado da Espanha para a Igualdade, Angela Rodriguez, é preciso esclarecer o que é uma menstruação dolorosa. “Não estamos falando de um leve desconforto, mas de sintomas graves como diarreia, fortes dores de cabeça, febre”, explicou Angela.

As licenças menstruais já são reconhecidas em alguns países, entre eles Japão, Taiwan, Indonésia, Coreia do Sul e Zâmbia.

Com informações do site O Sul.

Acesse também as redes sociais do Estado Online no Facebook e Instagram.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.