Biden declara emergência em Kentucky para acelerar ajuda após tornado

Foto: Reprodução/ CNN
Foto: Reprodução/ CNN

Fortes tempestades atingiram o centro e o sul dos Estados Unidos na sexta-feira (10) e no início deste sábado (11), matando dezenas de pessoas e devastando muitos estados.

O presidente dos EUA, Joe Biden, declarou situação de emergência em Kentucky depois que a região foi atingida pelos eventos que mataram pelo menos 70 pessoas, segundo Andy Beshear, governador do estado, declarou que passou por “uma das piores séries de tornados” da história do país.

O governador Andy Beshear disse que o número de mortes pode ser inferior ao previsto “piores, devastadores e mais mortais tornados da história do Kentucky”, falando em entrevista coletiva em Bowling Green neste sábado. tragédia, e não sabemos ainda quantas vidas se perderam, nem a extensão total dos danos”, declarou .

As agências federais de resposta a catástrofes já começaram a se deslocar para a região, afirmou Biden, prometendo que “o Estado fará tudo o que puder para ajudar”.

O estado de emergência foi declarado no Kentucky e poderá ser decretado nos outros estados mais gravemente atingidos pela catástrofe, como o Illinois e o Tennessee, se os governadores solicitarem.

A declaração de emergência agiliza o processo de disponibilização de ajuda federal para fazer face aos danos causados pelas tempestades e tornados que arrasaram boa parte do estado.

Biden acrescentou que pretende deslocar-se ao Kentucky, destacando que não quer “obstruir as operações de socorro”.

Ao menos 30 tornados foram registrados nos estados, segundo a NOAA Storm Prediction Center, órgão do governo.

Com informações da RTP.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.