Foto de obras em estradas ligadas a Bolsonaro são antigas

Circulam pelas redes sociais, três fotos que mostram militares pavimentando uma estrada, uma pista recém-asfaltada e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, durante visita a um batalhão de engenharia do Exército. A legenda diz que as imagens exibem o trabalho de batalhões de engenharia do Exército durante o governo Jair Bolsonaro. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado.

Das três imagens exibidas no post, apenas a que mostra o ministro de Infraestrutura tem relação com o governo Bolsonaro. As outras duas fotos são antigas e exibem obras realizadas em estradas estaduais pelos governos de Santa Catarina e do Tocantins.

A foto superior, com caminhões do Exército pavimentando uma estrada, foi publicada em 8 de fevereiro deste ano e retrata uma das etapas da construção da rodovia Caminhos da Neve (SC-114), em São Joaquim (SC). O trecho da estrada foi feito por militares do 1º Batalhão Ferroviário, em convênio com o governo catarinense firmado em 2007. A conclusão da obra, que tem 18 quilômetros e liga as serras catarinense e gaúcha, ocorreu no início do ano.

Já a imagem inferior direita, com uma pista recém-pavimentada, começou a circular pela internet em 2014, em post oficial do governo do Tocantins, então comandado pelo governador interino Sandoval Cardoso. A imagem foi reproduzida em fevereiro daquele ano pelo portal Conexão Tocantins, em reportagem sobre o asfaltamento da rodovia TO-010 entre o município de Ananás e a BR-153.

A terceira foto, com o ministro Tarcísio Gomes de Freitas, foi tirada em 31 de janeiro deste ano, quando ele visitou as obras da BR-163, no Pará. A pavimentação de um trecho de 65 quilômetros da rodovia está sendo feita pelo Exército, em convênio firmado em 2017, e com conclusão prevista para 2020. (Agência Lupa)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.