Jogo da Libertadores entre Fluminense e Cerro é adiado após morte do filho de Chiqui Arce

Conmebol adia jogo entre Fluminense e Cerro Porteño

A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) decidiu adiar a disputa entre Fluminense e o Cerro Porteño- PAR após a morte do filho do técnico paraguaio, Chiqui Arce. Com a decisão, a partida das oitavas de final será realizada no dia 3 de agosto, no Maracanã, às 19h15 (horário de Brasília).

Conforme a CNN Brasil, Alexandro Javier Arce Añazco, de 20 anos, morreu no domingo (18) após um acidente de carro na cidade de Luque, no Paraguai. A Conmebol lamentou em seu twitter a “perda irreparável” e divulgou a nota de adiamento da partida.

Além de técnico do Cerro, Chiqui Arce é ex-jogador do Palmeiras, que também divulgou nota de pesar pela perda. No primeiro jogo da Libertadores, a partida terminou com 2 a 0 para o Fluminense no Paraguai.

 

Acidente

O filho de Chiqui Arce morreu após acidente na Avenida Silvio Pettirossi, na região de Ñu Guasu. Conforme o relatório da 3º delegacia de Luque, a colisão ocorreu por volta das 6h.

A vítima seguia para o aeroporto e, após fazer uma curva fechada, acabou batendo em uma árvore localizada na avenida central. Alexandro morreu na hora. (Com Itamar Buzzatta)

 

 

(Matéria alterada às 11h40 para acréscimo de informações)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.