Chineses ampliam investimentos e lançam projetos no Brasil

Principais parceiros comerciais do Brasil, os chineses avaliam possibilidades de expandir o investimento no Brasil em volume e em diversidade de projetos. Em 2019, governo e analistas esperam um aumento de investimentos chineses no Brasil. A Camex (Câmara de Comércio Exterior) estima um volume de US$ 785,6 milhões, baseado em dados do 1º trimestre do ano.

Os chineses estão interessados em expandir sua atuação em uma série de setores no Brasil. Segundo o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, a China está aumentando a abertura do setor financeiro, de serviços, da agricultura, mineração e manufatura.

Em relação às novas possibilidades de investimento, Wanming afirmou, durante a conferência, que o país está acelerando a abertura dos setores de telecomunicação, educação e saúde. “Estima-se que no próximo ano as imputações de bens e serviços da China vão superar a casa dos US$ 10 bilhões”, completou.

A expansão do PPI (Programa de Parcerias de Investimentos) e o fortalecimento do Fundo Brasil-China são algumas das formas de atrair investimentos das empresas chinesas.

O Brasil já é o 4º maior destino dos investimentos chineses nas áreas de infraestrutura e energia e a perspectiva de expansão desse fluxo de capital resulta em oportunidades para empresas brasileiras no desenvolvimento de novos projetos. A entrada do investimento chinês abre, inclusive, um leque de oportunidades para empresas brasileiras realizarem parcerias com empresas chinesas. (João Fernandes com Poder 360)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.