A expectativa de inflação de 2019 passa de 3,31% para 3,33%

A inflação de 2019 deve subir de 3,31% para 3,33%, segundo os analistas do mercado financeiro consultados pelo Banco Central (BC). Esse é o 2º ajuste consecutivo divulgado pelo Boletim Focus.

O índice continua abaixo do centro da média de inflação que deve ser perseguida pelo BC, que é de 4,25% em 2019, 4% em 2020, 3,75% em 2021 e 3,5% em 2022, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo.

Já para os anos seguintes, não houve alterações em relação às projeções divulgadas na semana passada: 3,60%, em 2020, 3,75% em 2021, e 3,50% em 2022.

A projeção do Produto Interno Bruto (PIB) se manteve em 0,92% para 2019, pela 2ª vez consecutiva. Para 2020, a projeção subiu de 2,08% para 2,17%. Já a expectativa para 2021 2022, permanece em 2,50%.
O mercado financeiro continua esperando que a Selic encerre 2019 no patamar de 4,50% ao ano.

Atualmente, a Selic está em 5% ao ano. Para 2020, a expectativa caiu de 4,50% para 4,25% ao ano. Para 2021, a expectativa é que a taxa Selic termine o período em 6% ao ano. Para o fim de 2022, a previsão é 6,50% ao ano.

(Texto: Izabela Cavalcanti com informações do Poder360)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *