Vacina para coronavírus deve demorar 18 meses, diz OMS

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, ressaltou que uma vacina para o novo coronavírus (covid-19) ainda deve demorar “pelo menos 18 meses”, apesar dos testes em andamento. A  OMS informou que pacientes de Espanha e Noruega estão envolvidos em experimentos.

De acordo com informações do Terra, Ghebreyesus insistiu para que pessoas não usem remédios que não tenham eficácia comprovada, diante dos riscos à saúde com esse comportamento. Além disso, a OMS enfatizou a importância de que países realizem testes para identificar casos, isolar os positivos e cuidar dos registros mais graves.

“Muitos países mostram que o vírus pode ser controlado, com medidas agressivas nessa linha”, disse a entidade. “O coronavírus pode causar doença leve, moderada, grave ou matar”, lembrou, comentando também que a doença é “significativa”, por causar “doença severa em muitas pessoas”.

Brasil

A Fiocruz vai coordenar no Brasil os esforços mundiais para investigar a eficácia de quatro tratamentos contra a covid-19, entre eles a cloroquina e a hidroxicloroquina, usadas contra a malária e que se mostraram promissoras em alguns testes iniciais, ainda feitos com poucas pessoas no mundo. Os testes farão parte do ensaio clínico Solidariedade (Solidarity), lançado pela OMS.

(Texto: Jéssica Vitória com informações do Terra)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.