Rio de Janeiro libera 6,5 mil torcedores no Maracanã para final da Copa América

fd_telao_2206-977-1024x681

A Prefeitura do Rio de Janeiro publicou nesta sexta-feira (9) no seu Diário Oficial do Município a liberação da presença de torcedores na final da Copa América entre Brasil e Argentina, que será amanhã (10), às 21h (Brasília), no Maracanã.

Para o evento, foi permitido 10% da capacidade total de cada setor do estádio carioca. O decreto foi assinado pelo secretário de Saúde da cidade, Daniel Soranz. Diante da autorização, o Poder Executivo determinou que a Conmebol trate das seguintes medidas para receber cerca de 6.500 torcedores:

“Realização de testagem contra a Covid-19 em quem for acessar o estádio dentro das 48 horas que antecedem a partida; Proibição de pessoas com testagem positiva para covid-19 de entrarem no estádio e Acomodação do público sentado, assegurando o espaço mínimo de 2 metros entre cada pessoa ou família.”

O público autorizado a estar presente no estádio será formado apenas por credenciados e convidados da Conmebol, com apresentação do teste PCR negativo para a covid-19. Acesse também: Neto tira férias da Band depois de barraco com Sikêra Junior

Evento teste

Segundo o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), a final da Copa América será uma espécie de “evento-teste” para a cidade. “Na final da Libertadores, os 5 mil se concentraram num setor. Agora, 10% em cada setor do estádio, todos testados e convidados. Não deixa de ser também para nós um evento-teste. Olhamos para isso, e temos um decreto para liberar eventos mediante uma série de exigências, mas por enquanto nada muda para outros eventos”, disse o prefeito em entrevista coletiva.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *