Mais de 164 mil pessoas não procuraram a primeira dose em MS

1_000_8rq9vp-6335649

Painel Mais Vacina mostra que 7,8% da população acima dos 18 anos precisa começar a imunização

Todos os municípios de Mato Grosso do Sul começaram, nesta semana, a aplicar a terceira dose da vacina contra a COVID-19, porém 164.457 pessoas acima dos 18 anos não foram procurar sequer pela primeira dose.

Os dados foram levantados no Painel Mais Saúde pela reportagem, ontem (27), por volta das 14h30 e apontavam que 7,9% dos sul-mato-grossenses não buscaram pelo imunizante. Para especialistas, a resistência dessa parcela da população pode colocar em risco a diminuição de casos e mortes registrados nos últimos meses, além do surgimento de novas variantes.

Conforme o Painel da SES (Secretaria de Estado de Saúde), até a tarde dessa sexta-feira, 1.917.304 pessoas da população adulta no Estado receberam a primeira dose ou a dose única, ao passo que a meta era vacinar 2.081.761 pessoas. O percentual é de 92,12% de vacinados com pelo menos uma dose. Para o titular da pasta, Geraldo Resende, um número que é motivo de comemoração.

“Estamos na vanguarda no país, pois, graças à eficiência de nossas equipes, concluímos os esquemas vacinais atingindo 90% de vacinados com, pelo menos, uma dose aplicada. Por isso iniciamos a vacinação da dose de reforço”, assegurou.

Mesmo assim, o número de mais de 164 mil pessoas que não procuraram sequer pela primeira aplicação assusta. “Embora seja uma medida de extrema importância, infelizmente ainda há pessoas que não comparecem para vacinar”, lamentou a secretária adjunta de Saúde, Crhistinne Maymone.

Ela afirma que não é possível tomar como base somente os números do Painel Mais Saúde, mas confirma que existe uma parcela da população que tem recusado o imunizante. “A gente não pode falar com exatidão, porque às vezes os municípios inserem ou desinserem [os dados], então a gente também checa junto com os dados do PNI [Programa Nacional de Imunização]. Ainda mais que tem muitos municípios que recebem pessoas de utros estados para trabalhar.”

Municípios

De acordo com os dados do Painel Mais Saúde, até as 14h30 de ontem (27), em Campo Grande, um total de 626.050 pessoas acima dos 18 anos recebeu, pelo menos, a primeira dose da vacina contra a COVID-19, o que corresponde a 91,31% da população. Em contrapartida, 59.863 faltavam se vacinar com a primeira aplicação, ou seja, 8,73% do estimado. Para o secretário municipal de Saúde, José Mauro Filho, reflexo da “falta de cidadania” .

“Temos várias pessoas orientadas, com curso superior, políticos, resistentes à vacina. Eu diria que hoje essas pessoas têm a oportunidade de escolher tomar a vacina, mas a partir do momento que o vírus escolher essa pessoa, talvez ela não tenha saída. Essas pessoas serão focos de novos surtos da doença na cidade e podem desenvolver novas variantes, esse é o risco”, ressaltou.

A vacinação começou em Mato Grosso do Sul em 19 de janeiro de 2021. Em oito meses, Campo Grande vacinou as pessoas até 18 anos, ampliando o calendário para todos os adultos no dia 9 de agosto.

Em seguida, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) realizou repescagens e, quando foi autorizado, abriu a vacinação para adolescentes de 12 a 17 anos. Por conta dessas pessoas que não estão indo atrás do imunizante, a Prefeitura de Campo Grande está realizando busca ativa, levando equipes de vacinação a mercados e bairros mais vulneráveis. “Essas mais de 50 mil são pessoas estão escolhendo vacina. Nós precisamos que as pessoas procurem uma unidade”, explicou.

Em Dourados, 159.848 pessoas receberam a primeira dose ou a dose única e 8.285 ainda não procuraram os pontos de vacinação. No município de Três Lagoas, faltam 3.812 pessoas, já que a meta era vacinar 91.903 pessoas da população acima dos 18 anos e apenas 88.091 compareceram. Já em Corumbá, o percentual de não vacinados é
ainda maior, 10,97%. São mais de 8.908 pessoas sem a primeira dose, ao passo que 81.215 eram esperadas para a imunização.

Em contrapartida, em Ponta Porã o número de pessoas que tomaram a primeira dose superou a estimativa inicial de 66.720 pessoas vacinadas no município e 75.537 receberam doses do imunizante. Com isso, o município atingiu 113% de vacinados com a primeira dose. Acesse também: Poesia acessível e grátis para todos

(Texto: Mariana Ostemberg)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *