Jogo termina com pancadaria e delegacia

Boca_Junior

Jogo termina com pancadaria e delegacia. O Mineirão, nesta terça-feira (20), foi palco de revolta e inconformismo dos jogadores do Boca Juniors. Eles não aceitaram o resultado da partida e partiram para a ignorância. Para conter a violência, a polícia usou bomba de efeito moral. Só assim terminou a pancadaria, mas a partida acabou mesmo na delegacia. Totalmente vergonhoso como você pode VER AQUI.

Então, foi uma vergonha para o futebol com precedentes, principalmente para os argentinos. A equipe não reagiu nada bem a eliminação para o Galo. O Atlético Mineiro ganhou nos pênaltis do Boca Juniors de 3 a 1, no tempo normal ficou em 0 a 0. Não precisava de nada disso, até porque não mudaria a classificação.

Aliás, a classificação do Galo gerou no mau perdedor a depredação do estádio e a tentativa de invasão do vestiário dos brasileiros. Repare nas imagens que eles estão arremessando grades e destruindo o local. Infelizmente, é comum notícias como esta: Jogo termina com bomba, pancadaria e time na delegacia. OS vídeos mostram tudo, mas a narrativa dos acontecimentos também é prova.

relato dos fatos

Como aconteceu nas redes sociais onde a situação foi melhor explicada pelo  perfil do Atlético-MG nas redes sociais. “Após o jogo, os atletas do Boca desceram o túnel e foram para o vestiário dos visitantes. Poucos minutos depois, jogadores e comissão técnica da equipe argentina saíram do local e, em bloco, partiram em direção ao vestiário dos árbitros. Seguranças do Galo e Mineirão tentaram, sem sucesso, contê-los. Os argentinos decidiram, então, invadir o vestiário do Galo, onde estavam jogadores, comissão e diretoria”.

Com a briga se generalizando pelas áreas internas do estádio, a polícia entrou em ação usando até gás de pimenta, que foi a reclamação argentina. O presidente do Galo, Sérgio Coelho, também acabou envolvendo com uma briga próxima a ele. Mas ele tentava impedir a invasão para proteger os atleticanos. O perfil do time brasileiro seguiu relatando o ocorrido. 

“No caminho, (membros da delegação do Boca) atacaram todos que encontraram pela frente, além de quebrar bebedouros e grades de proteção. A PM chegou depois de algum tempo e afastou os agressores com gás de pimenta – informou o Galo.

Delegacia

Nem o extintor de incêndio escapou de ser arma de um atleta do Boca. Ainda de acordo com o clube mineiro, a delegação foi levada à delegacia para ser autuada por agressão de depredação de patrimônio. 

Mas, não sem antes muita conversa, conforme disse o perfil do Galo. “Depois de longa negociação, intermediada pelo presidente Sérgio Coelho, a delegação argentina foi à delegacia para registro de boletim de ocorrência por depredação de patrimônio e agressão. Ninguém será detido”.

Assim, o Atlético Mineiro eliminou o Boca e se garantiu nas quartas de final da Libertadores. Sabe quem também passou vergonha? A China. Perdeu de goleada para as meninas da Seleção Brasileira.  Aliás, CLIQUE AQUI E VEJA A CLASSIFICAÇÃO.

Mas, quer MAIS NOTÍCIAS? CLIQUE AQUI!

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

2 thoughts on “Jogo termina com pancadaria e delegacia”

  1. Pingback: Exposição do Ranking Nacional Nelore em Goiás - O Estado Online

  2. Pingback: Casal fica gravemente ferido em acidente na Av. Eduardo Elias Zahran - O Estado Online

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *