Governo quer ampliar relações comerciais de MS com a Índia

O secretário da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Jaime Verruck, se reuniu nesta segunda-feira (10) com o Cônsu Geral da Índia em São Paulo, senhor Amit Kumar Mishta, para negociar a ampliação das relações comerciais do Estado com a Índia. Além disso, o Governo do Estado pretende tornar Mato Grosso do Sul atrativa e competitiva para possíveis empreendimentos empresariais do país asiático.

“O Governo do Estado tem trabalhado na busca de novos mercados para os produtos exportados por Mato Grosso do Sul e, ao mesmo, apresentado as potencialidades do Estado para a atração de novos investimentos”, informou o secretário Jaime Verruck.

Em 2019, as exportações de Mato Grosso do Sul para a Índia somaram US$ 5 milhões, com a pauta concentrada em produtos como óleo de soja, couro e algodão. Já as importações de produtos do país asiático feitas no ano passado somaram US$ 27 milhões, concentrada em fios texturizados e produtos têxteis.

“São números muito pequenos e que podem ser ampliados. Para isso, o cônsul nos orientou a procurar a Embaixada Brasileira em Nova Delhi para que possamos intensificar nosso potencial de venda e de oportunidades comerciais com a Índia. Com relação à atração de novos investimentos, nos próximos dias vamos encaminhar ao consulado em São Paulo o material necessário para prospecção de empreendimentos nas áreas de tecnologia, sucroenergético e celulose. Foi nossa primeira reunião e aguardamos os resultados”, informou Jaime Verruck.

Participaram da reunião a Coordenadora de Cooperação Internacional e Comércio Exterior da Semagro, Thaís Fernanda Silva Guimarães e o Consultor Comercial do Consulado da Índia em São Paulo, Christiano Branco.

Na semana passada, o governador Reinaldo Azambuja e o secretário Jaime Verruck reuniram-se com o embaixador iraniano em Brasília (DF), Hossein Gharibi, para ampliar relação comercial com o Irã.

Veja também: Exportações em MS crescem 29,37% em relação ao ano passado

(Texto: Inez Nazira com informações da assessoria)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.