Feira Central homenageia artistas da cultura regional

Começando o mês de aniversário da Capital muitos já começam a puxar da memória as histórias que viveram em Campo Grande, mas dificilmente alguém – ou algum lugar – tem mais vínculo histórico e social com a cidade morena do que a Feira Central que, no domingo (4), às 19h30, homenageia os mais variados artistas que compõe a cultura regional no evento “Encontro: Histórias que Cantam na Feira Central”.

Entre os homenageados estão Américo; Alê & Oziel; Ana Flávia; Aurélio Miranda; Chicão Castro; Christovan e Luiz Carlos Amarilha; Dilla Alves; Edir Valu, do Valu Samba Trio; Edson Galvão; Gerardo Ortiz; Gerson Douglas, do grupo Tradição; Gregório; Helder Kohagura; Hugo Carneiro, da banda Haiwana; João Franco e Cassiano; Lye Meirelles; Luis Carlos Amarilha; Maciel Correa; Marlos Maciel; Max e Gabriel; Nando; Andréa Miti Okamura Miyashita; Paulo Góes; Paulo Prado; Paulo Sérgio; Santhiago e ainda a dupla Tostão e Guarany.

Na Esplanada Ferroviária desde 2004, a Feira Central foi fundada por decreto ainda no ano de 1925 e já passou por diversos pontos da Cidade Morena, figurando já inclusive na Avenida Afonso Pena, Rua Calógeras e Antônio Maria Coelho antes de, em 1966, por meio de decreto do então prefeito Antônio Mendes, ir para entre as ruas José Antônio e Abrão Júlio Rahe. Por meados dessa época a feira começou a se fortalecer e integrar cada vez mais a vida, rotina e programação da família campo-grandense, que tinha no espaço um lugar agradável com comida, artesanato e os típicos comércios que foram surgindo com o passar dos anos.

Parte não só do social, a Feira Central passou ainda a ser sede de festivais que foram entrando no gosto e tradição do campo-grandense, como os – agora – já tradicionais festival do “Sobá” e a “Festa do Peixe” nesse espaço que hoje agrada tanto os compradores quanto os próprios feirantes.

A celebração vem como parte das atividades realizadas para o 14º Festival do Sobá. “Queremos enaltecer esses artistas que alegram e trazem cultura aos nossos visitantes todas as semanas. Nossa homenagem é uma forma de agradecê-los pela parceria e por compartilharem conosco o talento deles”, afirma Alvira Appel, presidente da Associação da Feira Central e Turística de Campo Grande (Afecetur).

Com promessa de ser muito festiva, a noite ainda terá apresentação da dupla Zé Augusto & Santhiago, sendo que, ao todo, 25 artistas regionais, dos mais variados estilos musicais, já confirmaram a presença na noite de apresentações, nomes históricos da música sul-mato-grossense e, também, da nova geração.

Quem visitar a Feira Central ainda vai poder conferir, além das apresentações, toda a variedade de opções que existem na parte da culinária, como sobá, yakisoba, yakimeshi, espetinho, pastel, lanches, pizza, picanha na chapa, bife acebolado, frango xadrez, além dos doces mais tradicionais, como bolos, pamonha, tapioca, sorvete, cocadas, doces em geral, como também artigos femininos, masculinos, infantil, eletrônicos e artesanato, já que o espaço conseguiu equilibrar em um só lugar as vontades do campo-grandense. (Leo Ribeiro com assessoria)

SERVIÇO: O evento acontece domingo, na Feira Central, localizada na Rua 14 de Julho, 3351. Informações pelo telefone (67) 3317-4671.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.