Colheita da soja atinge 80,7% e plantio do milho safrinha está adiantado

Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

O plantio do milho segunda safra em Mato Grosso do Sul está adiantado e já chega a 71,8% de uma área estimada de 1,9 milhão de hectares para este ano agrícola. Já a colheita da soja atingiu 80,7% das lavouras que ocuparam pouco mais de 3,7 milhões de hectares.

Segundo dados do SIGA-MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio),o levantamento apontou que tanto o cultivo do milho quando a retirada da soja dos campos está antecipada. No milho 2ª safra, o índice está 17,50% superior ao ano passado e no milho 15,30% maior.

Neste ano, o Estado estima área de 1,992 milhão de hectares de milho, considerando uma retração de 12,6% em relação a área da 2ª safra de 2020/2021. A produtividade estimada é de 78,13 sc/ha, gerando uma expectativa de produção de 9,34 milhões de toneladas.

Já a produtividade média da soja se mantém em 50,6 sacas por hectare, estima o total de 11,4 milhões de toneladas do grão. Na soja a comercialização antecipada atinge 54% e no milho que ainda está sendo plantado o percentual é de 25,50%.

Alta demanda por grãos

Segundo o boletim do Siga-MS alguns fatores devem ser observados para a 2ª safra de milho 2021/2022: a alta demanda por grãos pode impulsionar o aumento da área.

Já o prognóstico climático demonstra grande variação das chuvas ao decorrer da safra; por isso o produtor pode ter vários problemas ao efetuar a semeadura fora da janela recomendada do Zoneamento Agrícola de Risco Climático.

Em alguns solos argilosos, o plantio pode ser executado com 40% de risco até dia 31 março. Com isso, segundo a assistência técnica muitos produtores devem optar por culturas de exigem menor demanda hídrica.

Com informações da Semagro

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.