Apreensões de armas de fogo aumentam 20% em Campo Grande

Foto: Divulgação/PMMS
Foto: Divulgação/PMMS

Uma comparação entre o ano passado e 2021, de janeiro a outubro, a Capital registrou um aumento de 20% no número de apreensões de armas de fogo pelos agentes de Segurança Pública em MS. A Capital saltou de 138 armas apreendidas em 2020 para 166 neste ano. Ainda, dados revelam crescimento de 18% foragidos da Justiça que foram novamente presos – de 463 para 550.

Os números, divulgados pelo Programa OCOP (Obtenção de Capacidade Operacional Plena), do Governo do Estado, podem ser analisados de duas formas: mais armas ilegais estão parando nas mãos dos criminosos e mais a PMMS (Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul) está atuando contra esses infratores, inclusive os foragidos.

Para a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), aumento do efetivo de policiais nas ruas de Campo Grande e também no número de viaturas contribuíram para os dados analisados. Foto: Divulgação/PMMS

Para a pasta, explicação está no incremento do policiamento preventivo e mais viaturas e policiais militares nas ruas. “Isso tudo acarreta em aumento no número de abordagens pelos agentes, no intuito de ‘antecipar’ crimes”, argumenta a nota divulgada à imprensa.

Pelo programa, Campo Grande foi dividida em trinta e oito subsetores, com disponibilização de até duas viaturas por localidade. No Brasil, o número mínimo de policiais em atividade por habitante é de um para cada 300 cidadãos.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.