Projeto leva informações sobre violência doméstica para mulheres indígenas

WhatsApp Image 2022-05-13 at 10.40.05

Foi lançado hoje (13) o projeto “KUNHÃ KUERY! NHÃMBOPAHA JEIKO ASY”, na língua terena, que em tradução para a língua portuguesa significa “Mulher! Chega de Violência!”, com o objetivo de prevenir e combater a violência contra mulheres indígenas.

O projeto compreende na produção e divulgação de conteúdos e informes, com orientações sobre violência doméstica, violência de gênero, Lei Maria da Penha e redes de enfrentamento e atendimento. Os informes são gravados em línguas indígenas, começando em Guarani.

A ação de conscientização é de responsabilidade da SPPM (Subsecretaria de Estado de Políticas Públicas para Mulheres) em parceria com a Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do TJMS (Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul).

De acordo com dados de 2019, dos crimes de violência doméstica, 14% deles tiveram como vítimas mulheres indígenas, demonstrando a violação de direitos desse grupo no contexto da violência doméstica e familiar.

O material foi produzido e gravado pela Secretária de Comunicação do TJMS juntamente com a atuação um profissional indígena para a tradução e interpretação para a língua Guarani.

Com informações do Portal MS. 

Acesse também as redes sociais do Estado Online no Facebook e Instagram.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.