Parceria entre RF e UEMS irá utilizar cigarros apreendidos

Após discussão nesta semana entre a Receita Federal e a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) de Mundo Novo, foi firmada uma parceria entre ambas as instituições. Como uma forma de contribuir com a sustentabilidade ambiental, os cigarros apreendidos pela RF serão utilizados na vermicompostagem.

A conversa entre o Auditor Fiscal da Receita Federal, Thiago André Hering e os professores da UEMS, Leandro Marciano Marra e Leandro Fleck teve como pauta abordar sobre os benefícios do tratamento biológico como uma alternativa ao processo tradicional de incineração, além da participação de ambas as instituições no projeto.

A princípio, a ação tem o cronograma de execução de 24 meses, na qual irá ocorrer a otimização do processo de vermicompostagem, utilizando os cigarros apreendidos e também o dejeto bovino.

O professor Leandro Fleck ressalta sobre a importância do programa para reduzir os impactos ambientais causados pelo processo de incineração atual. “O processo de vermicompostagem de cigarros será um marco no processo de destinação ambientalmente segura desse material. Adicionalmente aos benefícios econômicos, sociais e ambientais”. (Jéssica Vitória com informações da Assessoria)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *