Ministério Público implora para população ficar em casa

Foto: Ellen Prudente
Foto: Ellen Prudente

O procurador do MPE (Ministério Publico Estadual), Alexandre Magno, afirma que a situação continua complicada em Campo Grande devido a pandemia. “A ciência mostra que só depois de dias é possível ver os resultados. Unimos todas as forças para que o decreto seja seguido à risca. As medidas tomadas hoje em conjunto é uma forma de Mato Grosso do Sul tentar ganhar um fôlego para diminuir a gravidade da situação”, ponderou. Mas caso não mude o quadro alarmante atual, a força irá ser necessária.

“Todo dia fazemos análise para saber as medidas a serem tomadas no dia seguinte. É importante que a população ajude, fique em casa, estamos em um momento gravíssimo. Não temos uma UTI aberta, não importa se você é rico ou milionário. Fique em casa isto que o MP  implora se não medidas mais restritivas virão”, alerta.

Para o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), a antecipação dos feriados são o suficiente para estabilizar a situação na Capital Morena.

Informações Ellen Prudente.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *