Em seu aniversário de 5 anos, Hospital Cassems Campo Grande inaugura memorial às vítimas de COVID-19

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Para homenagear vítimas da COVID-19, familiares e profissionais de saúde, Cassems implanta memorial em sua unidade hospitalar

O Hospital Cassems Campo Grande comemora 5 anos de funcionamento no próximo dia 10 de outubro. Para celebrar a data e homenagear aos profissionais de saúde e pacientes, foi inaugurado, na noite da última quinta-feira (7), um memorial para as vítimas de COVID-19, familiares e profissionais de saúde da unidade hospitalar, que não mediram esforços na árdua batalha da pandemia para salvar vidas. Ainda, foi realizado um ato ecumênico de gratidão pelo aniversário e, também, a plantação de um ipê logo atrás do monumento, para simbolizar a esperança de dias melhores, após o período pandêmico.

De acordo com o diretor administrativo do Hospital Cassems Campo Grande, Alessandro Depieri, o sentimento das equipes de trabalho é de dever cumprido. “Nós nos posicionamos em meio à pandemia, nos estruturamos e mantivemos a qualidade no atendimento. Recebemos os nossos beneficiários com dedicação e, hoje, neste dia de festa, desejamos que esse legado de qualidade assistencial pereça por muitos anos”.

Ocupando papel de destaque no enfrentamento à pandemia de COVID-19, o Hospital Cassems Campo Grande oferece uma estrutura de ponta e profissionais capacitados para prestar um atendimento humanizado. Por este motivo, o plano de saúde apresenta 89% de taxa de recuperação da doença em enfermarias e UTI’s do estado.

O conselheiro gestor do Hospital Cassems Campo Grande, Felix Portela, relembra com carinho dos primeiros anos do plano de saúde. “Se nós voltarmos a 2001, quando começamos a Cassems, percebemos a dimensão do plano para a vida dos servidores do estado. A Caixa dos Servidores veio para desafogar a saúde de Mato Grosso do Sul. Nós crescemos e, temos, agora, 10 hospitais”.

Nesses cinco anos, a unidade hospitalar, que é a maior da rede da Caixa dos Servidores, já passou por grandes desafios e se consolida cada vez mais no cenário da assistência em saúde hospitalar de média e alta complexidade. No último ano, ainda que a crise pandêmica comprometesse os esforços dos profissionais de saúde, a gestão do Hospital Cassems Campo Grande não deixou de investir em inovação e acompanhar o avanço dos serviços na saúde hospitalar, tornando-se uma referência nacional.

Para a diretora de Assistência à Saúde da Cassems, Maria Auxiliadora Budib, o hospital tinha como desafio, na sua implantação, engrandecer práticas em saúde que antes não eram vistas no estado. “Investimos em alta tecnologia e recursos efetivos para que a vida dos pacientes fosse reabilitada. No plano de saúde, trabalhamos a prevenção, para que o beneficiário não precise ir até um hospital. Mas, caso precisar, ele sabe que tem um time grande de profissionais à sua disposição”. 

Conforme explica o vice-presidente da Cassems, Ademir Cerri, o plano de saúde foi um ponto de apoio para a saúde no estado de Mato Grosso do Sul durante o período de pandemia. “Temos que celebrar essa data, principalmente, após o que vivemos nos últimos 19 meses. Se não tivéssemos uma rede hospitalar tão moderna, teríamos muito mais dificuldade em encarar essa crise pandêmica”.

O desafio de abarcar toda a demanda de beneficiários da Cassems que foram atingidos pela COVID-19 em Campo Grande, que foi epicentro da doença em MS, fez com que o hospital da capital tivesse que adotar novas medidas, inclusive, a contratação de profissionais de saúde e administrativo. Nos últimos 19 meses, foram 300 colaboradores contratados em toda a rede da Caixa dos Servidores.

Para o gerente de Enfermagem do Hospital Cassems Campo Grande, Fábio Doneida, a avaliação do desempenho do hospital durante a pandemia é muito positiva. “Salvamos muitas vidas da COVID-19, e isso ocorreu graças ao trabalho de todo o corpo de funcionários. Desde a equipe da limpeza, equipe administrativa, enfermeiros, nutricionistas, médicos, farmacêuticos e outros profissionais que fazem parte deste processo que estamos comemorando. É com muita honra que eu digo que faço parte da história deste hospital”.

O conselheiro de Administração do Hospital Cassems Campo Grande, Lauro Davi, salienta que a bonita história da unidade hospitalar é fruto da dedicação dos servidores do estado. “Os cinco anos do hospital, hoje, atestam a responsabilidade que nós tivemos durante toda a trajetória da Cassems, em construir um plano que desse aos beneficiários e à saúde de Mato Grosso do Sul uma condição diferente de atendimento”. 

Para o presidente da Cassems, Ricardo Ayache, o projeto de construção do Hospital Cassems Campo Grande já nasceu com o propósito de ser uma das maiores unidades hospitalares do estado e isso foi base para que a unidade hospitalar enfrentasse a pandemia de COVID-19 com serenidade, sem abrir mão da qualidade do atendimento. 

“Temos a certeza de que cada dia de trabalho, a construção da Cassems e desse hospital, todos os servidores que acreditaram no nosso trabalho, valeu a pena. Hoje, percebemos que tivemos a capacidade de enfrentar o momento mais difícil da saúde mundial nesse último século, que foi a pandemia de COVID-19″. 

Mesmo sendo um hospital novo, com o investimento em equipamentos de ponta, gestão séria e atendimento humanizado, tornou-se referência não apenas no estado, mas também no país e, hoje, é considerado o “carro-chefe” de uma das maiores e melhores empresas do Brasil, a Cassems. Em sua curta, mas frutífera trajetória, o Hospital Cassems Campo Grande se destaca como uma unidade que acolheu os beneficiários com segurança e comodidade e geriu a crise pandêmica com responsabilidade. Um serviço prestado, sobretudo, com muito amor e dedicação, para proporcionar uma assistência à saúde de qualidade aos seus assegurados.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *