Ronaldinho Gaúcho parcela dívida de R$ 7,5 mi de IPTU

O ex-jogador Ronaldinho Gaúcho entrou em acordo com a Prefeitura de Porto Alegre e parcelou uma dívida milionária para colocar em dia um débito de 7,5 milhões de reais referente ao Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) e taxa de coleta de lixo. A despesa será paga em 60 parcelas.

A primeira delas, no valor de 145.200 reais foi abatida na última terça-feira 24. A dívida acumulada é referente a um imóvel localizado no bairro Restinga, na zona Sul da capital gaúcha.

Com a negociação em andamento, a prefeitura da capital gaúcha garante que as ações de execução fiscal ajuizadas serão suspensas contra Ronaldinho. Segundo a Procuradoria-Geral do Município (PGM), a 8ª Vara da Fazenda Pública deferiu pedido e determinou que a dívida seja garantida pelo imóvel.

Em caso de descumprimento, os processos serão retomados e o imóvel poderá ser confiscado. A dívida milionária de Ronaldinho em IPTU foi incluída em uma leva de débitos de 101 milhões de reais em impostos relativos a imóveis de alto padrão em Porto Alegre.

O ex-craque da seleção se tornou o maior devedor de IPTU na cidade, entre as pessoas físicas, segundo dados da Secretaria da Fazenda. Conforme o Termo de Audiência, publicado nesta quarta-feira no sistema do Tribunal de Justiça, Ronaldinho Gaúcho e Assis devem depositar 6 milhões de reais em um Fundo para Reconstituição de Bens Lesados até o dia 1º de outubro.  (VEJA)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *