Conheça pedidos de namoro e casamento que deram certo em shopping da Capital

Foto: Eder Santos
Foto: Eder Santos

Reportagem: Méri Oliveira

O Dia dos Namorados já é amanhã (12) e, na Capital, três casais que tiveram histórias marcadas pelo romantismo e por demonstrações públicas de afeto seguem firmes, apaixonados e muito ansiosos para comemorar a data. A reportagem do jornal O Estado conversou com eles e você confere agora.

Curiosamente, o Shopping Bosque dos Ipês já foi – várias vezes – o cenário de diferentes histórias de amor. Uma delas nasceu no dia a dia dentro do shopping: foi o caso do estudante Rodrigo Barros e da vendedora Ágatha Telles. Eles se conheceram quando eram colegas de trabalho na mesma loja, no Bosque, e decidiram se conhecer melhor, mesmo sem a pretensão de ter algo sério naquele momento, mas acabaram gostando da companhia um do outro e se apaixonaram.

Quando Rodrigo decidiu tomar outros rumos profissionais, chegava a hora certa para tornar o relacionamento oficial. Levado pelo fato de que Ágatha nunca tinha tido um relacionamento sério e queria um pedido especial, o jovem foi além do esperado e fez o pedido de forma especial, com direito a faixa e público assistindo.

Nervosismo

Perguntado sobre se não sentiu vergonha ao fazer uma demonstração pública como a que fez, Rodrigo dispara: “Senti vergonha, sim, muita vergonha. Eu nunca fiz um pedido de namoro em público, nunca antes, nem pedido oficial, só entrado em acordo de relacionamento mas sem pedido romântico, então foi bem difícil e meio que impulsivo, porque, se eu pensasse demais não o faria, eu acho”. Além da vergonha, o nervosismo também se fez presente no gesto de amor. “Estava bem nervoso e não falei exatamente do jeito que eu queria. Fiz um planejamento, mas na hora saiu meio no improviso, então fiquei ansioso também e tentei não pensar nos outros me olhando”, relembra.

Hoje, seis meses depois, o relacionamento continua firme e forte e o casal se prepara para passar o primeiro Dia dos Namorados juntos. Apaixonado, o jovem afirma querer fazer algo especial para quando for elevar o relacionamento a outro patamar. “Penso em fazer algo especial, sim, para pedido de casamento, mas como nem imagino quando vai ser, nem parei pra pensar ainda sobre.”

Foto:Arquivo pessoal

Quer casar comigo?

Outra cena romântica que entrou para a história do Bosque dos Ipês foi protagonizada por Valter de Souza, que pediu Paola Leal Xavier em casamento. De joelhos, com balões em formato de coração, trilha sonora especial e rosas vermelhas, o engenheiro de energia fez uma surpresa para a namorada em meio à praça de alimentação, quando os dois faziam um passeio pelo shopping.

Valter teve a ideia de fazer o pedido no Bosque, pois o shopping faz parte da história do casal e é um dos lugares onde eles mais gostam de passear juntos. “O pedido foi totalmente surpresa, eu não imaginava. Ele até trouxe minha mãe de Três Lagoas. Cada detalhe daquele momento foi maravilhoso. Eu diria mil vezes sim! Foi tudo muito emocionante e ao som de ‘Chuva de Arroz’, do Luan Santana. Para mim foi perfeito”, conta emocionada.

Pedido feito, só faltava o casamento sair, o que não demorou. Poucos dias depois, em 15 de dezembro de 2021, os pombinhos se casaram no civil. “Fizemos fotos, viajamos e hoje em dia seguimos juntos com Deus ao nosso lado”, diz. Para o Dia dos Namorados, Paola revela que o casal tem planos de comemorar com muito amor e um jantar romântico.

Histórico

O Shopping Bosque dos Ipês tem já um histórico de ser palco para pedidos de casamento e, não à toa, é o local onde são realizadas as mais tradicionais feiras de noivas do Estado: O Noiva Fashion e a Expo Noivas.

Em uma dessas edições, houve o pedido de casamento de Lucas Miralles a Mara Oliveira que, inclusive, ganharam um sorteio no evento, para a realização do casamento. Na última edição do Noiva Fashion antes da pandemia, Lucas conta que o casal fazia parte da Cia. Luminis de Dança, e se apresentaram –vestidos de noivos – com a clássica coreografia do filme “Dirty Dancing”, estrelado por Patrick Swayze e Jennifer Gray em 1987. “No fim da apresentação fui surpreendida com o pedido de casamento. E é claro que eu disse sim!”, contou a noiva.

O casal afirma que se prepara para realizar o casamento no próximo ano, mas ainda há muito a ser feito, inclusive definir lista de casamento, escolher buffet, local e o principal: a data.

Acesse também as redes sociais do Estado Online no Facebook Instagram.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.