Agenda do fim de semana é ativista e voltada à criança

arte-egipcia-antigo-egito-pinturas-2-1

Três eventos online marcam este fim de semana. Neste sábado (20), às 19h , live no insta do projeto cultural Quilombo em Atividade que lança seu site @quilomboematividade. Mas, bem antes, logo pela manhã, às 09h, acontece a oficina infantil do Sesc Cultura deste com o tema “A arte do Antigo Egito”, nas mídias sociais @sescculturams e Facebook/sescculturams. Já no domingo (21) começa o Festival Mátria Amanda com os irmãos Jerry e Alzira Espíndola como atrações.

Cedo com as crianças, o objetivo é mostrar como esta arte estava ligada à religiosidade e também explorar os túmulos super elaborados, que marcam a arte egípcia. A criançada vai observar para tentar reproduzir a arte em relevo. O material necessário para esta atividade é: 1 caixa de sapato, 1 potinho com água, 1 kg de argila escolar e 2 palitos de dente.

À noite acontece o lançamento “Quilombo em Atividade” voltado ao quilombo urbano São João Batista, situado na região sul de Campo Grande. O objetivo é transformar a oralidade, saberes populares e histórias, em algo palpável que sirva de patrimônio imaterial ao mesmo tempo que traga reflexão às questões de desigualdades raciais.

O lançamento conta com a abertura da banda Mukando Kandango, formada por artistas do próprio quilombo urbano São João Batista. Depois acontece a apresentação do projeto Quilombo em Atividade, uma roda de conversa com integrantes da comunidade para tratar sobre o fortalecimento da cultura quilombola.

Em seguida a exibição das audiografias, um trabalho que começou em outubro do ano passado na comunidade a partir da vivência e entrevistas feitas com moradores do quilombo. Daqui foram captados os áudios (oralidade dos entrevistados) e, em paralelo, foram realizados retratos dos entrevistados ao longo do diálogo. O encerramento será com mais música afro-brasileira. O projeto foi contemplado com recursos do Fundo Municipal de Investimento Cultural (FMIC/2019), da Sectur – Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Campo Grande.

Com o endereço eletrônico www.quilomboematividade.com , o site ficará por um ano em exposição no mundo virtual, para que muitas pessoas, em Campo Grande e Brasil a fora, possam conhecer mais sobre a cultura afro-brasileira em especial sobre a Associação Familiar da Comunidade Negra São João Batista (AFCN).

Domingo

No domingo (21) é a vez do encontro além com o Festival Mátria Amada. O evento foi criado em prol do meio-ambiente e une artistas de Brasil e Portugal. São músicos, atores, escritores, poetas, ativistas tupiniquins e da terrinha com o objetivo de promover reflexões acerca da preservação dos ecossistemas. Se há uma aspecto positivo nesta pandemia da COVID-19 é a sociedade ter enxergado a urgência ambiental. É aqui que o Grupo Manuí, formado pela atriz Tatiana Zalla e pelo músico Leandro Pfeifer, resolveram criar o Festival.

Eles vão promover reflexões acerca dos cuidados com o meio ambiente e preservação dos ecossistemas por meio através de intervenções artísticas e espetáculos culturais. Serão quatro lives gratuitas, transmitidas pelo canal do Grupo Manuí no YouTube (youtube.com/manuiproducoes). Os artistas envolvidos têm trabalhos voltados à temática ambiental, da cultura da terra, dos povos originários e quilombolas.

Quem abre o evento é a companhia portuguesa Teatro Estúdio Fontenova com intervenções musicais da compositora, cantora e instrumentista Alzira E, Jerry Espíndola, Aline Fernandes e Edu Guimarães, Duo Passim com Jacque Falcheti e Flávio Vasconcelos e Jonathan Silva.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.