Academia Brasileira seleciona concorrente de vaga ao Oscar

“A Vida Invisível”, dirigido por Karim Aïnouz – que estreia em 31 de outubro – foi anunciado como o filme brasileiro que irá concorrer a uma vaga entre os cinco indicados ao Oscar de Melhor Longa- -Metragem Internacional pela Academy of Motion Picture Arts and Sciences.

Após uma reunião dos especialistas responsáveis pela seleção, formada por membros indicados pela Academia Brasileira de Cinema: Anna Muylaert (presidente); Amir Labaki; Sara Silveira; David Shurmann; Ilda Santiago; Mikael de Albuquerque; Vania Catani; Walter Carvalho; Zelito Viana e nas presenças de Ricardo Rihan, Secretário do Audiovisual, e de Jorge Peregrino, presidente da Academia, aconteceu o comunicado da escolha, em coletiva na Cinemateca de São Paulo. 1999, foi a última vez que o Brasil emplacou uma indicação, com o filme Central do Brasil, de Walter Salles.

Coproduzido pelo Canal Brasil, o longa fala da invisibilidade dos mais variados tipos de violência sofridos por mulheres e foi selecionado entre uma lista de 12 concorrentes. Agora, aguarda o anúncio dos finalistas, que acontece no dia 13 de janeiro, em Los Angeles. A cerimônia do Oscar® está marcada para o dia 9 de fevereiro.

Com direção de Karim Ainouz, “A vida invisível” tem o roteiro de Murilo Hauser e fotografia de Hélène Louvart, na trama (ambientada na década de 1940) Eurídice é uma jovem talentosa, mas bastante introvertida. Guida é sua irmã mais velha, e o oposto de seu temperamento em relação ao convívio social. Ambas vivem em um rígido regime patriarcal, o que faz com que trilhem caminhos distintos: Guida decide fugir de casa com o namorado, enquanto Eurídice se esforça para se tornar uma musicista, ao mesmo tempo em que precisa lidar com as responsabilidades da vida adulta e um casamento sem amor.

“A Vida Invisível” estreia no Brasil em 31 de outubro. (Da Redação)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.