26 fevereiro 2021, 8:51
Foto: PCMS

Membros do PCC que monitoravam rotina de policiais são presos com drogas

Entorpecentes estavam enterrados no quintal do suspeito

Dois integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC) foram presos pela Polícia Civil de Ribas do Rio Pardo, a 97 km da Capital, por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Investigações apontam que um dos suspeitos estava monitorando a rotina dos policiais e do delegado da cidade a mando do PCC que estaria “irritado” com as últimas prisões efetuadas pelo Setor de Investigações Gerais (SIG). 

Ontem (18), após receberem denúncias anônimas de que o jovem de 19 anos estaria guardando maconha na residência, a polícia realizou vigia no endereço.  Durante abordagem na boca de fumo, as autoridades encontraram o autor dentro do quarto junto com uma mulher. 

No cômodo, foram achadas sete trouxinhas de maconha embaladas para entrega, além de apetrechos para o tráfico e a quantia de R$ 300. Já no quintal do rapaz, a polícia localizou 2.2kg de tabletes de maconha e 53 gramas de pasta-base de cocaína que estavam enterradas no chão. 

Pertences pessoais do autor de 20 anos estavam na residência, porém ele só foi localizado depois de diligências no bairro Jardim Vista Alegre. O suspeito já tinha sido preso por  tráfico de drogas e obteve o benefício da liberdade provisória recentemente.

Os dois comparsas  foram conduzidos à Delegacia para as providências cabíveis.

Veja Mais:

Abre licitações para Feirão de Imóveis dos Correios

Veja também

Capital inicia na sexta vacinação de profissionais da saúde com mais de 60 anos

Prefeitura também definiu calendário de aplicação da 2º dose em idosos Com a chegada da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *