26 fevereiro 2021, 2:12
Produtores poderão investir em melhorias nas tecnologias na produção com recursos
CNA Agricultura

Pandemia afetou avanço de hortas urbanas em Campo Grande

Implantação seria principalmente nas escolas, que foram fechadas

Lançado no dia 21 de outubro de 2019, o projeto Hortas Urbanas, desenvolvido em conjunto pela Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural de Mato Grosso do Sul), pela Prefeitura de Campo Grande, por meio da Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e de Ciência e Tecnologia) e do FAC (Fundo de Apoio à Comunidade), também foi prejudicado pela pandemia do novo coronavírus. A expectativa era de finalizar o ano de 2020 com a implantação de pelo menos 200 hortas e, na prática, o número total chegou aos 130.

Para o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia e Agronegócio, Herbert Assunção, a pandemia prejudicou principalmente no que diz respeito à instalação das hortas, uma vez que boa parte delas seria implantada no interior de escolas, que com o novo coronavírus tiveram de fechar as portas.

“O projeto só não conseguiu atingir a meta em razão da pandemia, já que muitas das hortas seriam implantadas nas escolas e elas estão fechadas. A gente está tendo um pouco de dificuldade também na questão da mobilidade da comunidade. O próximo ano se tudo correr bem, a meta de 200 hortas será cumprida. Os ganhos são enormes: tanto econômicos, sociais e na alimentação saudável da população atendida”, explicou. 

Segundo Walter Sérgio Ribeiro, coordenador das Hortas Urbanas, a pandemia também prejudicou, além da implantação de outras hortas, no ganho dos produtores, além das questões climáticas que também prejudicaram os trabalhadores.

Em média, em cada horta trabalham de 3 a 5 pessoas. Os ganhos mensais de um produtor vão de R$ 1.500 a R$2.000. Aproximadamente são 80 pessoas alcançadas pelas hortas, tendo a pandemia reduzido os ganhos do produtor e também nos dias de chuva intensa, as hortas não produzem. A produção semanal é de cerca de 30 caixas de verduras, contendo 25 pés de alface cada”, exemplificou.

(Confira mais na página A8 da versão digital do jornal O Estado)

Veja Mais:

Ano começa com esperança para acadêmicos que buscam

Veja também

Governo congela pauta fiscal da gasolina para tentar conter reajustes

Os recentes aumentos nos preços da gasolina e do óleo diesel, autorizados pela Petrobras, levou …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *