25 fevereiro 2021, 0:44
Reprodução

Prefeitura de Dourados aumenta toque de recolher

Para tentar diminuir a taxa de infecção do novo coronavírus e evitar o colapso do Sistema Único de Saúde (SUS), a prefeitura de Dourados ampliou em duas horas o toque de recolher. A decisão foi publicado no diário oficial do município, nesta sexta-feira (27).

Agora, a população não pode estar nas ruas das 22h às 5h. Antes do novo decreto, o toque de recolher no município começava ás 00h. “Fica determinado toque de recolher, impedida a circulação das 22hs às 05hs, exceto aos Órgãos de Segurança, Chefes dos Poderes Executivos, Legislativos, Judiciário, Ministérios Públicos Estaduais e Federais, Advogados, vigias noturnos, delivery, profissionais na área da saúde, e circulação para acesso quando necessário a atividades essenciais e sua prestação, e ainda trabalhadores em trânsito”, destacou a decisão.

O decreto ainda mantém a proibição do consumo de bebidas alcoólicas nas vias públicas e a suspensão do funcionamento das atividades das tabacarias.

Além disso, a Prefeitura proibiu por 14 dias o funcionamento de clubes, áreas comuns de condomínios, boliche, sinuca e similares, jogos eletrônicos. Além de teatros cinemas, arenas, feiras de negócios e exposições. Estão suspensos atividades que podem gerar aglomerações, como prática de esportes coletivos, eventos culturais e de lazer. Celebrações e eventos com aglomeração sem o devido protocolo de biossegurança também não podem ocorrer. Os estabelecimentos que descuprirem as regras podem perder alvarás.

Está proibida, conforme o decreto, qualquer tipo de aglomeração, inclusive, em residências. A Guarda Municipal está responsável pela fiscalização e está permitida a fechar estabelecimentos.

Veja mais:

Vídeo: Tamanduá-bandeira é encontrado no Monte Castelo

Veja também

Sem novas doses, estoque de vacina da Capital termina nesta semana

Em Campo Grande, a vacinação contra a COVID-19 está parada desde o dia 14 de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *