18 janeiro 2021, 5:51
Izaias Medeiros

Família de chargista receberá moção de pesar da Câmara

O vereador Eduardo Romero (Rede) propôs moção de pesar aos familiares do chargista do jornal O Estado, Marco Antonio Rosa Borges. O parlamentar comentou sobre os feitos do profissional durante sessão ordinária de ontem (26) na Câmara.

A leitura da moção foi realizada por Romero e, posteriormente, o Delegado Wellington de Oliveira (PSDB) pediu para que fosse pela Casa de Leis, e houve o aceite.

O chargista Marcos Borges, como era conhecido, de 54 anos, ilustrava desde 2006 os fatos do cotidiano político, econômico e social de Mato Grosso do Sul, do Brasil e do mundo no jornal O Estado.

Desde criança gostou de desenhar, rabiscava o chão quando morava na chácara, em Palmeiras, e aos 12 anos começou a retratar a natureza. Quando veio para Campo Grande começou a trabalhar como publicitário.

Segundo seu filho, sempre foi desenhista, chargista e cartunista, trabalhou em vários jornais e sempre estava à disposição, pois o que mais gostava de fazer era desenhar. O último trabalho de Marcos foi publicado na edição de domingo/segunda (23 de novembro). A charge retratava, de forma irônica, a alta dos preços no mercado imobiliário.

(Texto: Andrea Cruz)

Veja também: Câmara aprova subsídio de 4,17% ao prefeito e para vice

Veja também

Marquinhos Trad participa de reunião com ministro da Saúde

Ontem (14), o prefeito Marquinhos Trad (PSD) e a vice -prefeita Adriane Lopes (Patri) participaram …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *