3 dezembro 2020, 3:12
Crime foi na rua Araticum, no bairro Moreninhas III. Foto: Eduardo Macedo

Suspeito de matar caminhoneiro se apresenta à polícia

Jaderson Miranda Peres, de 23 anos, suspeito de assassinar com três tiros Gilmar da Silva, de 37 anos, se apresentou à polícia na tarde dessa sexta-feira (20). Ele esteve na 4ª Delegacia acompanhado do advogado e de familiares.

O crime foi na quinta-feira (21), na rua Araticum, no bairro Moreninhas III, em Campo Grande. Em depoimento, o suspeito alegou que atirou contra o caminhoneiro para defender o pai. Segundo o delegado responsável pelo caso, Nilson Friedrich, Jaderson contou que Gilmar foi até a conveniência onde o crime ocorreu e começou a agredir o irmão dele, Robson da Silva, de 33 anos, com capacete. O pai de Jaderson tentou intervir para cessar a briga e Gilmar também teria tentado agredir o homem.

Jaderson viu a situação, entrou na conveniência e pegou a arma. Nesse momento, Gilmar teria ido para cima do suspeito que atirou três vezes contra a vítima. Ainda conforme o delegado, a versão foi confirmada pelo irmão de Gilmar, Robson, que teria sido agredido com o capacete.

O suspeito foi ouvido e, à princípio, deve responder em liberdade. Ele foi indiciado por homicídio doloso por motivo fútil. “Foi motivo fútil pois ele podia ter utilizado de outros meios para cessar a agressão”, disse o delegado para O Estado Online.

Veja mais:

Campanha pelo fim da violência doméstica inicia com blitz na Capital

Veja também

DEPCA investiga mãe e padrastro que torturavam crianças

Mãe e padrasto são suspeitos de torturar crianças, de 10 e 12 anos, no bairro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *