31 outubro 2020, 15:57
Ela conta que sua maior inspiração na cozinha para criar receitas e dar toques especiais nos pratos veio de sua avó materna, Ruth Luiza
Foto: Arquivo Pessoal

Restaurante Tropeiro Gastrô Gourmet

Amor pelas panelas e pela culinária regional veio de infância e tem avó como grande inspiração

No próximo domingo (11) é comemorado o dia da Divisão do Estado de Mato Grosso do Sul e para celebrarmos essa data tão importante, conversamos com a chef de cozinha e empreendedora Helen Braz, ela que é apaixonada pela culinária regional, há cinco anos abriu o Tropeiro Gastrô Gourmet.

Ela conta que sua maior inspiração na cozinha para criar receitas e dar toques especiais nos pratos veio de sua avó materna, Ruth Luiza. “Eu comecei a cozinhar aos 8 anos de idade com a minha vó, ela que é a minha maior referência na cozinha; desde pequena nós cozinhávamos juntas. Eu sempre gostei muito de cozinhar e foi com ela que eu aprendi. Ela foi, e continua sendo, minha grande inspiração”, conta a chef.

Encantada pela cultura, Helen traz em suas receitas ingredientes regionais e afetividade. “Eu sou uma chefe de cozinha que cozinha desde comida regional a internacional. Mas eu acho de extrema importância nós valorizarmos o que é daqui. Tem quinze anos que eu moro aqui em Campo Grande, eu sou pesquisadora de comida regional, porque para mim a gastronomia nada mais é do que a manifestação da cultura de um povo através da sua comida. Pesquisamos as raízes mesmo que tenha um prato internacional eu faço com ingredientes regionais”, afirma.

O cardápio é repleto de receitas de família e os pratos são adaptados com ingredientes regionais, o nhoque por exemplo, é feito de mandioca. Além disso os peixes que estão disponíveis no menu, são todos de rios e comprados de pequenos fornecedores.

“Também faço algumas releituras, como por exemplo, o arroz carreteiro, eu fiz um bolinho dele, sempre valorizando os nossos ingredientes e nossa cultura, além do sobá que também tem no nosso cardápio. Além de uma cerveja estupidamente gelada eu tenho desde petiscos de boteco, até pratos mais diferenciados, que são o diferencial da chefe”, revela.

Por conta da pandemia do novo coronavírus, o Tempero Gastrô Gourmet teve suas atividades noturnas suspensas por cinco meses, mas agora, o restaurante voltou atender e com o melhor da música nacional e internacional. “Este ano resolvemos inovar, retornamos as atividades abrindo de quinta-feira a sábado com música ao vivo e não cobramos couvert artístico e nem taxa de serviço. Na quinta recebemos o artista Paulo Caballero, na sexta-feira o cantor Diego Lelis e aos sábados é a vez da Bibi de Carvalho”, garante.

Serviço: O Tempero Gastrô Gourmet fica na Rua Yokoama, 231, na vila Palmira e funciona de segunda a sexta-feira das 11h às 13h30. Sábado das 11h às 14h com a deliciosa feijoada e de quinta a sábado a noite das 19h a 00h.

Veja mais:

Corredor Gastronômico recebe Banco da Poesia Itinerante

Comissão do Pantanal ouve Ricardo Salles na próxima semana

Homem que furtou gados tem prisão preventiva decretada

Veja também

Paraíso feminino: tendências da moda verão 2021

Especialista conta quais são as roupas que dominarão seu closet na temporada mais quente do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *