5 agosto 2020, 20:40
Crédito: Divulgação/ Famasul

Preço da carne apresenta maior variação entre maio e junho

Análise foi feita em 10 estados brasileiros onde a cadeia produtiva da ovinocultura é relevante.

Com pontos positivos em meio aos impactos da pandemia, o mercado da ovinocultura em Mato Grosso do Sul, apontou a segunda maior variação no preço do quilo da carne em todo país. A pesquisa faz parte da comparativa entre o mês de maio e junho, que teve como base 10 estados brasileiros.

A avaliação foi realizada pelo Departamento Técnico do Sistema Famasul, com base nos dados divulgados pelo Centro de Inteligência e Mercado de Caprinos e Ovinos da Embrapa, no Rio Grande do Sul.

O estado com maior variação foi Santa Catarina, com 21,1% no total. Em seguida, Mato Grosso do Sul teve uma variação de 6,6%: em maio o quilo da carne ovina custava R$ 7,13 e em junho R$ 7,60.

No levantamento, os técnicos observaram uma estabilidade na atividade, o que demonstra que a cadeia produtiva está cada vez mais consolidada na região.

Comparando o 1º semestre de 2020 com o do ano passado, houve uma variação positiva de 0,2% em relação ao preço pago ao produtor pelo quilo da carne ovina. A média do semestre de 2020 ficou em R$ 7,57 o quilo.

Veja também: Mulher é presa por se recusar a usar máscara em conveniência

(Texto: Karine Alencar)

Veja também

Inflação para famílias de renda mais baixa fica em 0,50% em julho

O Índice de Preços ao Consumidor – Classe 1 (IPC-C1), que mede a variação da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *