8 agosto 2020, 7:05
Crédito: Edemir Rodrigues

“Municípios têm de realizar testes nas unidades de saúde”, diz Resende

A procura por testes nos drive-thrus do Estado aumentou muito nos últimos dias. Inclusive, em Campo Grande, no quartel do Corpo de Bombeiros que faz os exames, só há vagas disponíveis para daqui a três semanas. Entretanto, o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, declarou que as unidades de saúde dos municípios deveriam realizar testes, ajudando a dar conta da demanda.

“Os municípios têm de fazer os testes nas unidades de saúde, os drive-thrus são apenas uma ajuda, não tem que ser o único lugar que a população tem para realizar a testagem do novo coronavírus”, explicou ontem (10) para a reportagem.

Entretanto, isso não ocorre na Capital porque, segundo a própria Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública), por meio da assessoria de comunicação, apenas em casos específicos ocorre a testagem nas unidades de saúde. No entanto, a Sesau revelou que uma estratégia já está sendo montada para aumentar os locais de coleta.

Hoje, em Campo Grande, sem agendamento, a população pode procurar o polo de atendimento montado no Parque Ayrton Senna para fazer o teste. Também é possível agendar por meio do disque-Covid para realizar a testagem no drive- -trhu no quartel do Corpo de Bombeiros, na 14 de Julho, e na Escola Estadual Lúcia Martins Coelho, novo ponto que funciona à noite e faz somente testes rápidos.

Com a escola em operação, a quantidade de testes realizados na Capital aumentou para 628 exames por dia, sendo 620 rápidos e 108 do tipo RT- -PCR. Já no polo de atendimento do Parque Ayrton Senna, são feitos em média 200 testes entre os dois tipos.

Escola inicia atendimento

A SES (Secretaria de Estado de Saúde) iniciou ontem (10) as atividades do segundo ponto para realização de exames de diagnóstico para coronavírus em Campo Grande. Na unidade, localizada na Escola Estadual Lúcia Martins Coelho, na Rua Bahia, 355, serão realizados, por dia, 400 testes rápidos. É importante ressaltar que este segundo ponto não será pelo sistema drive-thru.

O titular da SES, Geraldo Resende, reiterou em transmissão on-line que o aumento no número de testes com horário diferenciado é um ponto fundamental para ampliar a testagem.

“Com isso, nós vamos desafogar o drive-thru do Corpo de Bombeiros, essa é uma ajuda que nós estamos fazendo ao município de Campo Grande. Atualmente, por semana, são realizados mais de 4 mil testes RT-PCR e testes rápidos no Estado. Com a ampliação, serão aproximadamente 6 mil testes semanalmente”, frisou.

Para realização de testes neste novo local o sistema de agendamento é o mesmo do drive-thru. É necessário entrar em contato pelo disque-Covid, pelo telefone (67) 3311-6262. O diferencial no novo ponto de coleta de exames é o horário de funcionamento: das 18h30 até as 23h30. O exame será aplicado por profissionais da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública).

(Texto: Rafaela Alves e Mariana Moreira)

Veja também: SES vai distribuir hidroxicloroquina, mas não recomenda uso

Veja também

Brasil soma 99,5 mil mortes e quase 3 milhões de casos

O Brasil registrou mais 1.079 mortes pelo novo coronavírus Sars-CoV-2 em um período de 24 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *