1 outubro 2020, 18:21
Crédito: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Cerca de 4 mi de contribuintes ainda não declararam o IR

Faltam 4,1 milhões de contribuintes declarar o Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF). O prazo final vai até amanhã (30), e até hoje (29), foram contabilizados 27.904.579 pessoas documento.

O total equivale a 87,2% dos 32 milhões de declarações esperadas para 2020.  Inicialmente, o prazo acabaria no fim de abril, mas a data foi prorrogada por dois meses por causa da pandemia do novo coronavírus.

A Receita Federal derrubou a exigência do número do recibo da declaração anterior e adiou o pagamento da primeira cota ou cota única para junho. Quanto às restituições, o cronograma dos lotes de pagamento, que começou em maio e acaba em setembro, está mantido.

Quem envia a declaração no início do prazo tem prioridade para receber a restituição, caso não a preencha com erros e omissões. Pessoas com mais de 60 anos, com moléstias graves ou deficiência física também recebem a restituição primeiro.

O programa gerador da declaração está disponível no site da Receita Federal. Quem optar por dispositivos móveis, como tablets ou smartphones, pode baixar o aplicativo Meu Imposto de Renda nas lojas Google Play, para o sistema operacional Android, e App Store, para o sistema operacional iOS.

A declaração do Imposto de Renda é obrigatória para quem recebeu rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70 no ano passado, o equivalente a R$ 2.196,90 por mês, incluído o décimo terceiro. A multa por atraso de entrega é estipulada em 1% ao mês-calendário até 20%. O valor mínimo é R$ 165,74.

Veja também: China aprova uso interno em Exército de vacina contra covid

(Texto: Inez Nazira com informações da Agência Brasil)

Veja também

Exportação de minério de ferro sobe quase 20% em setembro

A Secretaria de Comércio Exterior (Secex) divulgou nesta quinta-feira (1°), dados que apontam que as …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *