2 junho 2020, 23:10
Reprodução/Internet

Como escolher a melhor para o seu animal de estimação

Quando nós amamos o nosso animal de estimação, queremos sempre mimar e dar o melhor para ele. Mas quando o assunto é ração, muita gente fica confusa com a quantidade de opções e não sabe qual escolher. Por isso, hoje nós vamos saber as diferenças reais entre os principais tipos de ração, para você saber o que levar em conta na hora de decidir a melhor alimentação para o seu fiel companheiro.

De acordo com o zootecnista e professor de medicina veterinária da Uniderp, Diogo Cesar da Silva, as melhores rações são sempre aquelas que fornecem os melhores ingredientes em condições sanitárias, de processamento e consequentemente, metabólicas que atendam às exigências dos cães.

“Há no mercado inúmeras opções, sendo as dietas com maior critério de especificidade as mais indicadas. Desta forma, temos rações destinadas para cada raça, que levam em considerações particularidades morfológicas, fisiológicas e até mesmo comportamentais, no que tange a alimentação. A escolha da ração deve sempre ser orientada pela categoria animal: filhotes, cães adultos, senis ou fêmeas gestantes e lactantes ou mesmo cães atletas, caso contrário, uma ração de categoria diferente ao seu cão pode não atender as necessidades biológicas do animal com consequências à saúde do seu pet”, explica o especialista.

A escolha da ração deve ser feita de acordo com as necessidades do seu pet, já que esse será o principal, ou único alimento que ele consumirá. “Para as rações menos específicas, a melhor escolha é pelo porte racial, que reúne aspectos ligados à exigência nutricional média das raças que se classificam no porte citado, as marcas comerciais subdividem-se em: raças de pequeno porte, médio, grande e gigante, lembrando que a regra da categoria filhote, adulto e animais senis, por exemplo, continua válida nestes casos”, orienta o zootecnista.

Vale destacar que se seu cão possui alguma condição fisiológica distinta, como um paciente renal, ou que apresente alergia a algum ingrediente ou demais patologias diagnosticadas, a escolha da ração deve ser feita nas condições citadas, a exemplo: rações renais, hepáticas, hipoalergênicas.

As rações comerciais são formuladas, ou seja, seus ingredientes e quantidades são balanceados, com o objetivo de atender as demandas de nutrientes fundamentais para o funcionamento fisiológico, como as proteínas e seus aminoácidos, lipídios e ácidos graxos, bem como carboidratos estruturais, como as fibras e não estruturais como o amido.

“Há ainda, o balanço de minerais e vitaminas necessárias para o funcionamento normal do organismo. Estas necessidades são distintas em cães em crescimento, cães sem atividade física ou atletas, ou animais adultos, senis e fêmeas em gestação e lactação. Há ainda condições relacionadas à composição do pélete ‘grão da ração’ e como aspectos ligados a dureza, aspereza, sabor, entre outros, que estão relacionados com processos de ingestão, mastigação, aproveitamento dos alimentos e prevenção dentária”, revela o professor.

Diogo afirma que o não atendimento mínimo dos nutrientes essenciais para cães e gatos podem comprometer aspectos fisiológicos e consequentemente prejudicar a saúde do seu animal. “Há ainda ingredientes que são considerados limitantes para alguns como, por exemplo, gatos apresentam menor tolerância ao metabolismo de carboidratos devido a sua particularidade no metabolismo hepático, necessidades de inclusão de aminoácido taurina, aminoácido arginina, Vitamina A que necessita ser pré-formada, entre outros”, pontua.

Excesso de nutrientes como níveis elevados de proteína, por exemplo, podem aumentar as chances de problemas metabólicos e sobrecargas renais e hepáticas, níveis elevados de gordura saturada contribuem para o incremento calórico, aumentando o colesterol e o sobrepeso, níveis elevados de sódio podem prejudicar o balanço osmótico do organismo, bem como desbalanço de minerais como cálcio e fósforo e problemas no esqueleto, dentição, entre outros.

(Texto Bruna Marques / Publicado por João Fernandes)

Veja também

Inep dá novo prazo para pagamento de boletos do Enem 2020

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) ampliou – para o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *