28 janeiro 2020, 15:55
Crédito: Divulgação

As dicas para receber bem o 2020 e sem qualquer culpa

Final de 2019, já passado o natal e toda sua comilança, há quem veja – pela filosofia do “carpe diem, quam minimum credula postero” (aproveite o dia de hoje e confie o mínimo possível no amanhã) – o réveillon como a última chance de aproveitar o que o ano ainda tem para oferecer em todos os seus sentidos, seja usando do tempo para curtir com a família; preparando a casa para receber mais visitas; planejando o que fazer após a virada, ou mesmo descontando mais uma vez na mesa. Sem deixar de lado e aproveitando de todas essas características da data, a nutricionista da Unimed Campo Grande, Jackeline Stacy, dá dicas de como passar para 2020 sem culpa.

Com essa carga de reflexão que têm as viradas de ano, são tantas promessas que fazemos que a chance de terminar 2020 frustrado, por não conseguir realizar nem a metade, pode ser grande. Citando da cultura popular a filosofia de Ferris Bueller em “Curtindo a Vida Adoidado”: “a vida passa muito rápido, se você não parar e olhar em volta de vez em quado, você pode perdê-la”.

Ainda em 2019:

Coma sem culpa

“Sabemos que o excesso de doces, refrigerantes, sucos artificiais, comidas muito salgadas e gordurosas fazem mal. Portanto, é importante que no fim do ano, como em todas as épocas, as refeições sejam aliadas ao bom senso, consumindo tudo com cautela e deixando se permitir nessa época tão agitada”, afirma a especialista Jackeline Stacy.

Atenção aos idosos

Com a família vindo para as festividades, esse equilíbrio é também recomendado para a terceira idade, porém, fique atento aos alimentos que podem prejudicar em casos de doenças crônicas como diabetes, hipertensão, colesterol elevado, entre outras.

“É preciso que os familiares estejam presentes, mantendo um cuidado redobrado e relembrando, porque alguns idosos exageram nas confraternizações e isso pode vir a prejudicar a sua saúde, fazer com que a comemoração possa, futuramente, tornar-se um transtorno”, completa Jackeline.

Cuidado com as crianças

Férias significa criançada em casa e, para elas, oportunidade de exceços na alimentação, que para os pais se torna uma grande preocupação. Jackelina ressalta que os pequenos são mais complicados, e é preciso ser criativo para poder envolvê-los.

De acordo com a nutricionista é importante que os pais tenham em mente a questão do exagero, tendo controle e a preocupação de fazer com que elas tenham mais opções saudáveis de alimento dentro de casa.

Transporte de alimentos

Comum da época também, é o caso de cada pessoa levar um prato para formar o banquete, então lembre-se de nunca colocar na mesma bolsa térmica alimentos quentes e frios, porque a diferença atrapalha no controle da temperatura e faz com que o alimento fique mais propenso a estragar.

“Os alimentos perecíveis possuem mais água e isso faz com que necessitem de um controle maior de temperatura por conta do crescimento bacteriano que é um pouco mais rápido. Ex: frios, alimentos cozidos, iogurte e carnes. Nesses casos é importante armazenar em caixas ou bolsas térmicas respeitando sempre o tempo de validade e a temperatura que é informada no rótulo desses alimentos”, informa a nutricionista.

Divirta-se

O Natal é uma festividade que pode e deve ser comemorado com alegria, cercado de pessoas que você ama, por isso, aproveite ao máximo as oportunidades de festejar e mantenha o equilíbrio.

Lembre-se de manter uma alimentação balanceada e se for dirigir, não beba.

(Com assessoria)

Veja também

Infectologista pediátrica chama a atenção para a imunização

É difícil imaginar que, há algumas décadas, era comum que as pessoas morressem por doenças …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *